Foto mario-es
biomario

DIA DA MULHER

       Para ser justo na análise das virtudes da mulher, neste dia que lhe é consagrado, é indispensável ser depositário de experiência vivenciada, e observando valores incontestáveis. Nunca se desviar do contexto com observações esdrúxulas de casos isolados.
       Deus quando criou o homem, e em seguida, a mulher foi como nunca deixou de ser, perfeito.  Por melhor que seja o homem, difícil qualificá-lo como superior. Somos iguais em importância, se agirmos com responsabilidade.
       A mulher, por exemplo, dispensa o teste de D.N.A., cede o útero para desenvolvimento do feto, o alimenta durante a gestação até o nascimento. O homem contribui com a semente, mas cumpre a mãe cuidar do filho com zelo e amor até que venha a lume.
        E depois, quem o amamenta e cuida carinhosamente é a mulher. O homem nesse momento importante da vida fica paparicando por se sentir realizado como pai, e tem incontestável importância na tarefa em comum com a esposa, participar da educação desde o nascimento até que se torne capaz de auto administrar-se.
       A mulher, podemos assegurar, com absoluta convicção, adquirida no correr dos anos, tornar-se peça central, até pela legislação ditada pelo ser humano, dando preferência a mãe na guarda dos filhos.
       O carinho materno é incomparável. Assim quis DEUS, que tudo sabe e está acima de qualquer apreciação. Na APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), nestes quarenta e três anos de atividades, deu-nos suporte capaz de avaliar com firmeza a mulher também no trabalho com os recuperandos (presos), que acabam por adotar como segunda mãe.
       E muitas supram as melhores expectativas, com adoção de medidas próprias da natureza feminina, especialmente quando tomam consciência da importância de estender a mão a aqueles que não foram gratos aquelas que lhe deram a luz do mundo.
       Muitas APACs foram e são administradas por mulheres conscientes da missão que Jesus lhes confiou: Estive preso e viestes me visitar.
       Neste dia dedicado a homenagear a mulher, associo-me prazerosamente, por justiça e testemunho de causa.
       Perdi o convívio de minha esposa há quarenta e cinco dias, depois de cinqüenta e cinco anos de convívio matrimonial responsável. É difícil a separação, mas, os dias salutares que vivenciamos valem por uma existência que não tem fim.
       Parabéns as mulheres que são gratas ao criador, dando testemunho que a vida é valorizada pelo valor que lhe damos.
       Tudo é efêmero, passageiro, menos o amor que semeamos que vai além do tempo na eternidade.
       Se fosse possível estender meus braços e beijar duas pessoas especiais, em homenagem as mulheres o faria, com enorme emoção, e sem hesitar a minha inesquecível mãe Maria, falecida há 24 anos, e a Cidinha, que marcou de bons exemplos a minha existência, legando moral, respeito e dignidade, especialmente aos seus filhos, e ex alunos aos quais lecionou por mais de vinte anos.
 
Mário Ottoboni
(O irmão e amigo leal de sempre)

A vida dos pais é o modelo dos filhos

Quando os pais cultivam a paz, os filhos vivem a mansidão;

Quando os pais cultivam a confiança, os filhos vivem a esperança;

Quando os pais cultivam a serenidade, os filhos vivem em tranquilidade;

Quando os pais cultivam a oração, os filhos vivem a fé;

Quando os pais cultivam o amor, os filhos vivem amando;

Quando os pais cultivam a justiça, os filhos vivem a igualdade;

Quando os pais cultivam a fraternidade, os filhos vivem a caridade;

Quando os pais cultivam a desavença, os filhos vivem a incerteza;

Quando os pais cultivam incompreensão, os filhos vivem a insegurança;

Quando os pais cultivam a hostilidade, os filhos vivem brutalidade; e,

Quando os pais cultivam o ateísmo, os filhos vivem e morrem sem sentirem a fascinante presença de Deus em suas vidas.

Sin Dios, nada se explica.

De la alma emana las emociones transmitidos por el corazón. Dios quería que la carne exteriorizasse estos sentimientos para revelar todo su poder.

Un alma exitosa, por la fuerza bondadosa de la espiritualidad, acepta con tranquilidad y paz los acontecimientos del mundo, sin jamas se exasperar. La falta de paz es un reflejo de nuestra pequeña amistad con Dios. De nuestra pequeña fidelidad, en última instancia. Si no estamos bien espiritualmente, el alma está inquieta porque, insatisfecha, lucha obstinadamente para revertir la situación.

Una persona que tiene la amistad de Dios roto, se vuelca en el primer contratiempo, ya que no cumple fuerzas espirituales capaces de convertirse en el ganador.

Cuántos suicidios y actos de violencia se producen precisamente por negarse a la misericordia divina y poner sus propios intereses por encima de todo.

Nada se explica sin Dios. Él es la fuente de todo.

La paz tiene la dimensión de nuestra espiritualidad.

"Sin Dios las cuentas no cerran." El Papa Benedicto XVI

Capella de la APAC de la Ciudad de Caratinga.

Aquí todo es pasajero

El amor termina con la muerte? Sólo con rereflexión, con sentido común, vamos a encontrar la respuesta correcta.

El amor de Dios por sus hijos es eterna. Todo lo que es bueno es al alcance de todos, sin prejuicios.

Somos todos iguales, y con este punto de vista, vislumbramos la eternidad de amor que es buena solución sin igual para todos los males!

Día 14 de Enero de perdí a mi esposa Cidinha Ottoboni, leal compañera y ejemplar durante 54 años y 6 meses. La separación es dolorosa. Sin embargo, la compensación por la riqueza del legado de buenos ejemplos, equivale a una eternidad.

Una vez escribí que somos un dividido en dos. Cuando uno muere, el grado de dolor es tan amplia, que causa la sensación de que los dos fueron juntos.

Sólo Dios tiene los recursos para consolarnos. Sin embargo, si sus hijos desconocen los principios de solidaridad y misericordia, desamparando quien sobrevivió, la pérdida puede ser total.

Sin amor, condescendencia y fraternidad, el único remedio capaz de aliviar el sufrimiento, es imprevisible.

Todo lo demás es efímero y fugaz. Doy gracias sensibilizado a la solidaridad  y las oraciones de familiares, amigos y compañeros de ideal cristiano.

Que Dios nos sostenga en nuestro camino a recorrer por todos en igualdad de condiciones.

Los buenos, por donde caminan dejan signos de amor.

Para quien ama, nada termina, todo comienza.

Con gratitud y afecto.

Mário Ottoboni e familia


 

Reflexión de Dr. Mário

Sin Dios, nada se explica.

01-02-2016

De la alma emana las emociones transmitidos por el corazón. Dios quería que la carne...

Lea Más

Aquí todo es pasajero

17-01-2016

El amor termina con la muerte? Sólo con rereflexión, con sentido común, vamos a encontrar...

Lea Más

Socios

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg