Um olhar sobre o presente

Os eventos se sucedem rápido. Difícil acompanha tudo. Apenas nos últimos 2 (dois) meses muitos foram os compromissos assumidos e as atividades realizadas por nossas equipes a saber:

Inauguração Regime Fechado da APAC Pouso Alegre, Inauguração da APAC de Frutal, Pirapora, Paracatu, Januária, totalizando um aumento de 600 recuperandos atendidos. Realização de cursos do método APAC para os recuperandos de Campo Belo, Alfenas, Santa Luzia, Sete Lagoas; Seminários de Estudos dos Método para os voluntários de  Araxá, Bom Sucesso, Campos Gerais/Campo do meio, Minas Novas; Audiências públicas nas comarcas de Abaeté, Canápolis e Coronel Fabriciano; Visitas de campo nas cidades de Sete Lagoas, Pedra Azul, Araçuai, Teófilo Otoni, Governador Valadares, Rio Piracicaba, Caeté. Inúmeras foram as visitas de delegações nas APACs de Itaúna, Nova Lima, Santa Luzia e outras. Encontro de Formação para adminstradores, 2o. Encontro para os Magistrados Mineiros em Pouso Alegre, processo de instalação das APACs (piloto), nas comarcas de Pedreiras-MA, Caruaru-PE, Macau-RN e Fortaleza-CE.

Ampliação de quatro para oito APACs atendidas pelo IMPP - Instituto Minas Pela Paz, que em parceria com a FIEMG, SESI e Senai, ministra curso de capacitação - educacional e profissional - para os recuperandos, encontrando-se ainda em preparação o I Encontro da Comissão Latinoamericano para estudos do Método a ser realizado em Itaúna nos dias 22 a 24 de Junho. A V Jornada de Libertação com Cristo em Santa Luzia nos dias 29 de Julho a 01 de Agosto, o segundo curso do Método para Gerentes e Plantonistas das APACs e outros.

Obviamente que tudo isso nos deixa com dois sentimentos, gratidão e preocupação. Gratidão e Deus por ter se manifestado e permitido que a obra da APAC pudesse crescer e se expandir levando a Esperança a tantos corações e Preocupação diante do desafio de manter a unidade de propósitos e a fidelidade na aplicação do Método APAC.

É por essa razão, que nas próximas semanas, partilharemos especificamente com as APACs que funcionam sem polícia, algumas orientações, que pensamos serem importantes e que deveriam ser colocados urgentemente em prática, pelos administradores das APACs.

Estamos certos que, se observados estas orientações, muitos erros e equívocos poderão ser evitados e contribuirão para o aprimoramento e consolidação da metodologia nas comarcas.

Fraternalmente em Cristo,

Valdeci Antonio Ferreira
Diretor Executivo da Fraternidade
Brasileira de Assistência aos Condenados

Socios

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg