Comissão de Direitos Humanos realiza audiência na APAC de Alfenas

Recursos complementares para a obra de construção da sede própria da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados de Alfenas. Essa foi uma das reivindicações feitas em audiência pública realizada na entidade, nesta quarta-feira (13), pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A reunião, requerida pelo deputado Durval Ângelo, faz parte de uma série de encontros nessas instituições para conhecer o trabalho de ressocialização dos recuperandos.

A presidente da APAC de Alfenas, Ana Luisa Pereira Wagner, salientou que verba já foi liberada para a construção da sede da entidade, que já teve início na comunidade rural de São Judas Tadeu. Apesar disso, o recurso não será suficiente. Ela contou que faltará dinheiro para o telhado e piso, entre outros. Ana Luisa vai efetuar um levantamento do que será necessário e vai repassar à comissão para encaminhamentos. Outra demanda apresentada pela presidente é a equiparação salarial para os funcionários da entidade, considerando o salário dos agentes penitenciários.

De acordo com a assessora no Foro da Comarca de Alfenas, Ludmila Brandão, também é preciso que novos servidores do Tribunal de Justiça sejam lotados em Alfenas, sobretudo, na vara de execução penal. "Não adianta a APAC funcionar sem que o Tribunal de Justiça possa fazer seu trabalho", argumentou.

Durante a audiência pública, vários participantes destacaram o papel da entidade no sentido de ressocializar o recuperando. O diretor-executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), Valdeci Antônio Ferreira, ressaltou que a APAC tem o diferencial de trazer a participação da sociedade para o interior de seu centro de reabilitação. "Isso é completamente diferente dos métodos tradicionais", enfatizou.

O diretor contou que seu trabalho é no sentido de consolidar e multiplicar as APACs. "Com o trabalho da entidade, estamos trazendo mudanças no sistema carcerário. O método da APAC tem sido objeto de inúmeros estudos", afirmou. Ele contou que há 42 APACs funcionando no país e mais de 60 em implantação no Brasil. Além disso, há o acompanhamento de outras entidades nesses moldes no exterior.

Integrante da diretoria da APAC e da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Minas Gerais (OAB-MG), Carmen Romana Esteves, destacou que o índice de recuperação nessas entidades fica em torno de 90%. Para ela, ainda há muitos desafios a serem vencidos. "É difícil para a sociedade acreditar que quem está na APAC faz parte da comunidade. O sistema prisional está falido. Se não tentarmos humanizar esse processo, vamos continuar produzindo e recebendo a violência de fora", justificou.

O secretário de Defesa Social de Alfenas, Vander Cherri, também ressaltou o preconceito que os recuperandos ainda enfrentam. Ele falou que a prefeitura está elaborando um projeto para promover a capacitação e o trabalho para essas pessoas.

O deputado Durval Ângelo, presidente da comissão, salientou que a APAC é a concretização de uma política pública em direitos humanos. "Nosso contato com a entidade aconteceu há 17 anos, em Itaúna. A partir daí, abraçamos a causa da humanização do sistema prisional", enfatizou.

Para o deputado Pompílio Canavez, lutar pela humanização no cumprimento das penas é uma iniciativa valorosa. "Vemos nas prisões uma profunda tristeza. Sabemos que elas não recuperam a pessoa. Por isso, a APAC é que pode trazer essa transformação", disse.

A APAC de Alfenas atende a 46 recuperandos, mas tem capacidade para 50 pessoas. A sede própria poderá receber até 120 recuperandos e deverá ficar pronta em dois anos. No local onde funciona atualmente a entidade, há oficinas de pintura, artesanato com linha, confecção de cigarros de palha e de ladrilhos e blocos. Além disso, há a limpeza de cabeças de alho e criação de animais como porcos e galinhas.

Os recuperandos também têm acesso ao ensino fundamental e dois deles cursam o ensino superior à distância em administração e em turismo.

Já foi realizada visita na APAC de São João del Rei. A Comissão de Direitos Humanos também já aprovou requerimentos para realizar visitas e audiências nos municípios de Itabirito, Ouro Preto e Lagoa da Prata, e no dia 1º de setembro, o lançamento do livro "APAC - A Face Humana da Prisão", na Assembléia Legislativa de Minas Gerais, às 18 horas.

Fonte: www.almg.gov.br

Comissão de Direitos Humanos visita APAC de São João del Rei

Em visita à Associação de Proteção e Assistência aos Condenados de São João del Rei realizada no dia 06, a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais verificou diferenças entre as unidades masculina e feminina da instituição. Os homens estão abrigados em novas instalações, em funcionamento desde junho. As mulheres ficam num galpão alugado. A visita foi solicitada pelo deputado Durval Ângelo. O novo prédio da APAC masculina tem capacidade para receber 168 recuperandos nos trabalhos de ressocialização, mas atende atualmente 120, nos regimes fechado e semiaberto. 

O deputado Durval Ângelo criticou o sistema tradicional, classificado por ele como "indústria do preso", em que o custo por detento gira em torno de R$ 3 mil mensais. Em comparação, na APAC de São João del Rei, o Estado gasta mensalemtne R$ 816, em média, para manter cada recuperando do sexo masculino. No caso das recuperandas, o custo é de R$ 695 por mês. 

Na visita, o deputado foi recepcionado pelo presidente da APAC, Antônio Carlos de Jesus Fuzatto. Antes de conhecer as novas instalações da unidade masculina, o parlamentar visitou a APAC feminina, que abriga 46 recuperandas. A unidade consegue receber a totalidade de detentas da região, no entanto, a encarregada de segurança Maria Nazareth dos Santos destacou a necessidade de melhoria das condições de funcionamento da unidade, instalada em um galpão alugado. Durval Ângelo destacou que, se os recursos do governo do Estado destinados às APACs fossem reajustados para R$ 900 ou R$ 1 mil por recuperando por mês, seria possível atender às demandas.

Um dos desdobramentos desta visita realizada, será uma outra, desta vez à APAC de Alfenas, para discutir e conhecer os trabalhos de ressocialização realizados pela instituição e ouvir demandas do sistema prisional da região. A audiência pública acontece hoje, às 17h, na sede da APAC de Alfenas.

Audiência Pública em Divinópolis

A Audiência Pública irá abordar a implantação da APAC na comarca de Divinópolis.audienciadivi 

Autoridades gaúchas promovem debate sobre Método APAC

Um modelo diferenciado de sistema penitenciário, que busca a recuperação de condenados e a redução da criminalidade, foi tema de debate promovido pelo Ministério Público em parceria com a FMP - Escola Superior do Ministério Público, reunindo representantes da Instituição, OAB-RS, Susepe e Jornalistas convidados. O evento ocorreu nesta segunda-feira, 4, durante café da manhã na sede da FMP.
Participaram das discussões os Subprocuradores-Gerais Ivory Coelho Neto e Marcelo Dornelles; o Procurador de Fundações, Antônio Carlos de Avelar Bastos; o Presidente da FMP, David Medina da Silva; os Promotores das Execuções Criminais Gilmar Bortolotto e Luciano Pretto; o representante da OAB-RS, Roque Reckziegel; a representante da Susepe, Christiane Russomano, e os Jornalistas Marcelo Chemale (SBT), Matheus Ferraz (Rádio Gaúcha), Josmar Leite (RBSTV), Fernanda Pugliero (Correio do Povo), Fabio de Andrade Behrend (TV Record), José Luiz Costa (Zero Hora) e Jeison Silva (Diário de Canoas).
Ao abrir o encontro, o Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Jurídicos, Ivory Coelho Neto, observou que o inadequado sistema penitenciário brasileiro desmoraliza o Direito Penal. "O Ministério Público, na área criminal, atua para garantir a pena que o cidadão merece mas, às vezes, ele acaba indo para um sistema penitenciário que não é digno", afirmou o Subprocurador.

Lideranças e especialistas do Ministério Público na área das execuções criminais reforçaram seu apoio ao método Apac (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), como alternativa ao sistema tradicional. Ao explicar como funciona o método, destacaram, também, o trabalho que está sendo realizado para viabilizar a instalação de uma unidade no Rio Grande do Sul, seguindo o exemplo da experiência do estado de Minas Gerais. De acordo com o Procurador de Fundações, Antônio Carlos de Avelar Bastos, principal responsável pela sua divulgação e defesa do método no Rio Grande do Sul, um grupo de trabalho vem discutindo a temática há três anos.
Com uma Associação já constituída na cidade de Canoas, a previsão é de que a primeira unidade entre em operação no segundo semestre do ano que vem. O terreno onde ficará localizado o presídio, no bairro Guajuviras, e o recurso financeiro a ser aplicado pelo Estado na construção dessa unidade estão em fase final de tratativas e formalizações. O Procurador de Fundações do MP disse tratar-se de uma proposta coletiva. "O projeto não tem paternidade, é um processo coletivo que depende da vontade de todos", concluiu.

Confira a matéria na íntegra clicando aqui.

rs

Cartilha "APAC - A face humana da prisão" é lançada em Manhuaçu

Foi lançada durante a manhã desta quarta-feira, 30, na sede do Centro de Reintegração Social da APAC de Manhuaçu, a cartilha "APAC - A Face Humana da Prisão", com a presença de mais de uma centena de pessoas.
Com apresentação do Dr. Luiz Carlos Rezende e Santos e prefaciado pelo Dr. Mário Ottoboni, a cartilha foi elaborada pelo deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, Durval Ângelo, que desde o ano de 1997, quando conheceu a APAC de Itaúna, se tornou um dos maiores apoiadores e incentivadores das APACs.

Várias autoridades e lideranças prestigiaram o evento de lançamento. Denise Rodrigues, presidente da APAC de Manhuaçu, comemorou o feito do Centro de Reintegração Social de Manhuaçu ter sido escolhido para a apresentação. "Manhuaçu é uma referência na boa aplicação do método".

O diretor executivo da FBAC, Valdeci Ferreira, explicou que a cartilha serve para documentar e mostrar como o método funciona. "A APAC cumpre a execução penal dentro do que está na lei. Não há regalias e nada demais, pelo contrário é um sistema baseado no respeito e no merecimento para reinserção do cidadão condenado ao convívio social".

O prefeito de Manhuaçu Nailton Heringer elogiou o Método APAC e adiantou que irá fazer um convênio para que recuperandos possam ajudar na fábrica de manilhas e bloquetes da prefeitura, que está sendo reativada. "O Método APAC é reconhecido e já provou, através de estatísticas, que recupera de verdade. Estamos aqui para apoiar iniciativas como esta", declarou.

Também participaram da cerimônia, o presidente da Câmara de Manhumirim, Dário Veiga, acompanhado dos vereadores Hélio Mendonça, Dalbino Cler e João Batista Vieira, além do vice-presidente da Câmara de Manhuaçu, Anizio Gonçalves.

Com informações de Portal Caparaó

Consulesa italiana e jornalista holandesa visitam APAC de Itaúna

Para conhecer a diferenciada experiência do sistema prisional de Minas Gerais, a consulesa italiana Aurora Russi, responsável pelo Consulado da Itália em Belo Horizonte (MG) e a jornalista Stijntje Blankendaal da revista holandesa Vrij Nederland visitaram a unidade prisional APAC de Itaúna na última sexta-feira, 25.

A visita aos regimes aberto, semiaberto e fechado foi guiada pelos próprios recuperandos, que explicaram a metodologia para os visitantes.

Acompanhada por seu esposo, Edoardo Fontana, a consulesa conheceu as unidades masculina e feminina e declarou estar honrada e emocionada em ver o trabalho diferenciado que vem sendo realizado na APAC.

Valdeci Antonio Ferreira, diretor da FBAC, agradeceu a presença de todos que contribuem para divulgar a metodologia para demais atores e setores da sociedade, especialmente os parceiros presentes: o gerente de projetos do Instituto Minas Pela Paz, Enéas Melo, as representantes do TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais), Cristina Salete e Louise Queiroz, o gerente geral da AVSI em Minas Gerais, Jacopo Sabatiello, e a coordenadora de Projetos da AVSI, Déborah Amaral.

Para Lidia Vilela, presidente da APAC Itaúna, uma semente é plantada no coração de cada pessoa que visita uma APAC. "Que essa semente possa encontrar terreno fecundo para que a mensagem seja levada para todos os presídios do mundo", conclui.

Ao final do encontro, os recuperandos fizeram uma apresentação musical para agradecer a visita à unidade prisional.

Fonte: avsibrasil.org.br


APAC de Itaúna realiza Encceja

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos tem por objetivo avaliar competências e habilidades de jovens e adultos, residentes no Brasil ou no exterior, que não tiveram acesso ou continuidade de estudos na própria idade, inclusive aqueles privados de liberdade, para equivalência de estudos correspondente à conclusão do ensino fundamental.

As provas aconteceram na APAC masculina de Itaúna no dia 29/07, de 08 às 12h, e de 14 às 19h, coordenado pela pedagoga Regiane de Oliveira, e Fernanda Aline e Robson Mendes como chefes de sala, sendo aplicadas para 11 recuperandos.

 

Lançamento da cartilha "APAC - A Face Humana da Prisão"

Será lançada amanhã (30), à partir das 10h, na APAC de Manhuaçu/MG, a cartilha "APAC - A Face Humana da Prisão". 

Com apresentação do Dr. Luiz Carlos Rezende e Santos e prefaciado pelo Dr. Mário Ottoboni, a cartilha, uma verdadeira aula sobre direitos humanos, é uma iniciativa do deputado estadual e presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, Durval Ângelo, ferrenho defensor da dignidade humana e grande apoiador das APACs.

O primeiro contato do deputado com a APAC se deu em 1997, quando ocupava o cargo de vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito do Sistema Carcerário do Estado. A CPI visitou 32 estabelecimentos penais, em 15 cidades, e ao final, fez constar em seu relatório que a única experiência realmente relevante que estava sendo realizada em todo o Estado era a experiência da APAC de Itaúna. À partir de então, o deputado passou a priorizar, defender e divulgar as APACs, insistindo para que o governo adotasse o método.

Convidamos a todos os companheiros de ideal cristão a prestigiar esta nobre iniciativa do nosso grande amigo deputado estadual Durval Ângelo.

APAC de Manhuaçu

BR 262, Km 33,5

Manhuaçu - MG

 

APAC de Barracão promove "Sexta da Pizza"

Sucesso total! Assim foi definida, pela presidente da APAC, Isaura Rosandra Pertile, a primeira iniciativa de venda de pizzas, na APAC de Barracão/PR. A equipe de funcionários e de recuperandos, motivados por bem atender à comunidade local, esmeraram-se na produção de saborosas pizzas, com ingredientes de qualidade. Os sabores calabresa, napolitana, lombo, portuguesa, champignon, e especial APAC, foram vendidos para a população, que encomendou mediante pedidos diretos e por telefone, com resultados destinados à melhoria de estrutura da própria APAC. A dedicação e alegria dos recuperandos durante a produção das pizzas demonstrou, nitidamente, que se trata de mais uma atividade para a valorização humana. Com a mão na massa, a presidente da APAC Isaura, a supervisora de oficinas Gilcelli, e os recuperandos do regime fechado deram show de talento, alcançando ótimos resultados e agradando a população.

A "Sexta da Pizza" acontece todas as sextas-feiras, com o intuito de valorizar os talentos e qualidades dos recuperandos, visando reinseri-los futuramente no mercado de trabalho, e dando cumprimento ao proposto no próprio método APAC, que é a valorização humana. Os resultados não poderiam ser melhores: recuperandos e equipe de funcionários motivados e a sociedade  confiando e aplaudindo mais um sucesso da APAC de Barracão/PR.

A iniciativa foi autorizada e incentivada pelo Poder Judiciário da Comarca de Barracão.

sextadapizza

APACs recebem treinamento sobre indicadores sociais

Aconteceu no último dia 02, na sede do Programa Novos Rumos do TJMG em Belo Horizonte/MG, o primeiro treinamento dos indicadores sociais. O treinamento foi separado em dois momentos, um momento inicial com presidentes e encarregados administrativos realizado com o objetivo de esclarecer o que de fato são os indicadores, para que serve, como eles podem ajudar na gestão das APACs, como trabalhar com os indicadores e quais foram os 22 indicadores selecionados. O segundo momento foi realizado apenas com os encarregados e entrou especificamente no modo como mensurar cada um dos 22 indicadores e que informações eles trazem.
A seleção dos indicadores partiu de um trabalho conjunto envolvendo os parceiros (Fundação AVSI, TJMG, SEDS e Instituto Minas Pela Paz), duas das APACs que já possuíam experiência com os indicadores (Itaúna e Perdões) e a empresa especializada em indicadores contratada, a Plan Consultoria.
Neste primeiro momento as APACs treinadas passarão a mensurar os dados já em agosto, referente aos mês de julho, através de uma espécie de Painel de Bordo em Excel.
Nos meses subsequentes, a AVSI irá juntamente com os parceiros, dar continuidade ao desenvolvimento do software, previsto para ficar pronto em outubro/novembro. E em novembro as APACs receberão novo treinamento para aprender a manusear o software que facilitará ainda mais a emissão de relatórios e o cruzamento de informações.

Os 22 indicadores selecionados estão diretamente relacionados aos sub itens: Envolvimento Familiar, Gestão Financeira, Perfil da APAC (rebelião, taxa de ocupação), Reincidência, Regressão e Transferência, Socialização (atendimento jurídico, de saúde, participação em atividades de educação, formação profissional e entrada no mercado de trabalho, etc), Voluntariado (participação da comunidade) e Saídas da APAC (evasão, fuga, abando, etc).

Na ocasião, também foi firmada a parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), através de assinatura de convênio, para proporcionar aos recuperandos mais um canal de profissionalização através de cursos diversos.

APAC de Alfenas lança marco fundamental de sede própria

Na manhã dia 30 de junho, aconteceu o marco fundamental para construção da sede da Associação de Assistência e Proteção aos Condenados (APAC) de Alfenas, que será erguida em terreno doado pela Prefeitura. A área, com 1.105 metros quadrados, fica nas proximidades do presídio local e está localizada no Bairro Estrada Alfenas/Fama, s/n.º, Granja São Judas Tadeu.

Participaram do lançamento da pedra fundamental o prefeito, Maurilio Peloso; a presidente da APAC, Ana Luiza Pereira Wagner; o vice-prefeito, Décio Paulino; o defensor público Gustavo Corgosinho; o diretor do Presídio, José Roberto dos Reis Fernandes; o advogado Joselito de Souza além de secretários municipais e de voluntários da instituição.

Para o prefeito, "todas as esferas de governo devem unir esforços para dar condições para que as penas sejam cumpridas de forma humanizada".

A presidente da APAC, Ana Luiza Pereira Wagner lembrou que hoje a Apac atende cerca de 50 condenados nas instalações que ficam no Jardim São Paulo e que "no novo espaço poderá atender aproximadamente 150 pessoas e abranger um número maior de voluntários".

Já o advogado Joselito de Souza advertiu que ex - presidiários não conseguem emprego e que por isso ficam pedindo dinheiro. Para ele é preciso oferecer estudo e capacitação para que essas pessoas possam entrar no mercado de trabalho. Ele ainda garantiu que, na condição de um dos fundadores da Asena (Associação de Ensino Alfenense), vai colocar os cursos da entidade a disposição da Apac para ajudar estas pessoas.

A obra tem prazo de 730 dias para ser concluída com recursos da ordem deR$ 3.802.837,65 já orçados pelo Governo de Minas. O Governo Estadual liberou a primeira parte da verba para iniciar a construção do novo CRS, com capacidade para 120 recuperandos.

Fonte: www.alfenas.mg.gov.br

Outras notícias

APAC de Ivaiporã-PR inicia suas atividades

05-02-2019

No iníco de fevereiro a APAC de Ivaiporã iniciou suas atividades, sendo a terceira APAC...

Leia mais

O que é APAC?

24-01-2019

A APAC é uma entidade civil de direito privado, com personalidade jurídica própria, dedicada à...

Leia mais

Presidente do TJMG e governador visitam Apac de Itaúna

10-01-2019

Governador anuncia apoio à ampliação de vagas para recuperandos O governador Romeu Zema, de Minas Gerais,...

Leia mais

APAC de Cuiabá lança pedra fundamental

20-12-2018

A APAC de Cuiabá/MT realizou, dia 20 de dezembro, a solenidade de lançamento da pedra...

Leia mais

APAC feminina de Pouso Alegre realiza comemoração natalina

17-12-2018

A APAC feminina de Pouso Alegre comemorou o Natal com as recuperandas no dia 16...

Leia mais

APAC de São João del-Rei promove batizado coletivo

01-11-2018

No sábado, 20 de outubro, a APAC de São João del-Rei realizou a cerimônia de...

Leia mais

Inauguração da “Brinquedoteca Semente do Amanhã”

16-10-2018

         Na sexta-feira e no domingo, 12 e 15, a APAC de...

Leia mais

FBAC realiza curso para Encarregados de Segurança

29-08-2018

Em Parceria com o Tribunal de Justiça de MG, o Programa Novos Rumos, a FBAC ...

Leia mais

Formatura do Curso de Mecância acontece na APAC de Januária

14-08-2018

A APAC de Januária realizou a cerimônia de formatura e a entrega dos certificados aos...

Leia mais

APAC de São João del-Rei participa de workshop no SESC São Paulo

04-07-2018

No último sábado, 30, uma equipe de funcionários e um recuperando da APAC Masculina de...

Leia mais

APAC de São João del-Rei encerra o VII Curso de Formação de Voluntários

20-06-2018

No último sábado, 16, a APAC de São João del-Rei realizou a cerimônia de encerramento...

Leia mais

Representantes da segurança e da justiça federal de Uberaba conhecem a APAC Frutal

04-06-2018

Representantes do Conselho Municipal de Segurança Pública e da justiça federal de Uberaba visitaram esta...

Leia mais

JUIZ JOÃO MATOS APRESENTA EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA SOBRE O MÉTODO APAC EM PARÓQUIA DE SANTANA

14-05-2018

“Do amor ninguém foge – a experiência da APAC no Brasil” foi o tema de...

Leia mais

Colaboradores e recuperandos fazem exames no Dia Nacional de Prevenção à Hipertensão

02-05-2018

No Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, colaboradores e recuperandos da Associação de...

Leia mais

FBAC realiza capacitação para funcionários na APAC de São João del Rei

25-04-2018

As APACs masculina e feminina de São João del Rei/MG receberam a capacitação para seus...

Leia mais

APAC de Pirapora realiza II Jornada de Libertação com Cristo

09-04-2018

A APAC de Pirapora/MG realizou, dos dias 5 a 8 de abril, a II Jornada...

Leia mais

APAC de Varginha realiza várias reuniões em 2018

03-04-2018

Membros da APAC de Varginha reunem-se mensalmente para avaliar e programar suas atividades. Normalmente as...

Leia mais

Homenagem a Dona Cleuza

28-03-2018

"Pelos frutos conhecereis a árvore." Mateus 7,16 Faleceu dia 27 de março Dona Cleuza, mãe do...

Leia mais

Seminário de Estudos e Conhecimento do Método APAC para Voluntários Visconde do Rio Branco…

22-03-2018

Nos dias 16 a 18 de março de 2018, a FBAC – Fraternidade Brasileira de...

Leia mais

APAC Frutal conta agora com fábrica de blocos de cimento

19-03-2018

Quem deseja conquistar o sonho da casa própria ou reformar um imóvel possui agora em...

Leia mais

APAC feminina deverá estar pronta em junho deste ano

20-02-2018

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC Frutal está correndo contra o...

Leia mais

Completam-se 37 anos do martírio de Franz de Castro

14-02-2018

Hoje completam-se 37 anos do martírio de Franz de Castro. Franz viveu e morreu por...

Leia mais

Cardeal do Rio de Janeiro visita APAC de Itaúna

09-02-2018

No dia 31 de janeiro a APAC de Itaúna recebeu a visita do Cardeal do...

Leia mais

Natal do Tio Flávio Cultural na APAC Santa Luzia

17-01-2018

No dia 19/12, como acontece todos os anos, os voluntários do Tio Flávio Cultural foram...

Leia mais

Recuperando da APAC de São João del-Rei vence o Festival da canção

06-11-2017

Aconteceu hoje, 27 de outrubro, na APAC SJDR a final do Festival da Canção. A...

Leia mais

Seminário do Método APAC será realizado em Pelotas/RS

06-11-2017

A cidade de Pelotas/RS receberá nos dias 17, 18 e 19 de novembro o Seminário...

Leia mais

Comitivas visitam APAC de SJDR

30-10-2017

Na última semana a APAC de São João del-Rei recebeu a visita de três comitivas,...

Leia mais

APAC de Pedreiras realiza curso para recuperandos

23-10-2017

Aconteceu no Centro de Reintegração Social de Pedreiras, nos dias 17 a 19 de outubro...

Leia mais

APAC juiz de fora se articula para inciar APACs masculina e feminina

03-10-2017

Boas notícias para Juiz de Fora e região da Zona da Mata! Avançam os entendimentos...

Leia mais

Tradicional “Dia da Pizza” da APAC Frutal mobiliza colaboradores, recuperandos e a sociedade

11-09-2017

Já há alguns anos a sociedade frutalense se acostumou a contribuir com um dos mais...

Leia mais

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg