PRESIDENTE E DIRETOR DE PATRIMÔNIO DA APAC DE PELOTAS- RS, VISITAM AS APACs DE FRUTAL

O Presidente da APAC de Pelotas, Leandro Leitzke Thurow, e o Diretor de Patrimônio, Luiz Humberto da Silva D’Avila, visitam as unidades das APACs de Frutal, no dia 12 de fevereiro, para conhecerem as instalações e estruturas da instituição local. Após conhecerem as APACs masculina, feminina e juvenil, e todos os trabalhos desenvolvidos, os visitantes foram convidados para um ato de recepção no auditório preparado pelos recuperandos e o coral da unidade masculina.

Conhecedor da Metodologia, da estrutura e dos trabalhos desenvolvidos pelas APACs, Luiz Humberto compartilhou o seguinte sentimento: “o melhor de visitar as APACs é se deparar com tantos sorrisos! E isso nos deixa sorrindo também”, afirmou o Diretor de Patrimônio da APAC de Pelotas- RS diante dos trabalhos desenvolvidos na cidade de Frutal.

Para o Presidente da unidade de Pelotas, Leandro Thurow, “Visitar a APAC Frutal foi encantador por conhecer a sua história e a estrutura física invejável. É a prova viva que um modelo prisional diferente é possível, basta haver o protagonismo da comunidade e o apoio dos governos. Fico sempre admirado e compartilho com todos, o quanto a APAC é capaz de restaurar pessoas. Recuperandos das APACs de Frutal – vocês podem ser o quiserem ser! Vocês sabem disso! Gestores das APACs de Frutal – queremos aprender muito com as experiências de sucesso de vocês!”, exclamou o presidente do Rio Grande do Sul.

O Presidente das APACs de Frutal, Pr. Natanael Silveira de Souza, que acompanhou parte da visita e a gestora Paula Queiroz Vieira, em nome da diretoria e dos recuperandos, agradecem a visita do Presidente Leandro Thurow e do Diretor de Patrimônio Luiz Humberto da APAC de Pelotas- RS.

(Jadiael Lino – Assessor de Imprensa APACs de Frutal).

APAC feminina de São João del Rei realiza oficina de ovos de chocolate

No dia 11 de março, a APAC feminina de São João del Rei preparou uma oficina de ovos de Páscoa. O evento começou com a exibição do filme  "Julie & Julia". A seguir as recuperandas participaram de uma oficina de ovos de páscoa. Nathália Lisboa, cozinheira na APAC, foi a funcionária responsável pela atividade e ensinou o preparo de ovos de páscoa, trufas e chocolates, como uma forma contribuir para a auto-estima das recuperandas, bem como arrecadar fundos.  

Natália conta que o objetivo era "mostrar que mesmo sendo desacreditadas todos os dias, nós mulheres temos sim capacidade de chegar onde quisermos". O filme é sobre a historia de Julie, uma jovem apaixonada por gastronomia que cria um blog de receitas inspirado em Julia Child - uma das mulheres mais importantes no mundo da gastronomia.

 

Projeto "Capacitar para Reintegrar" é realizado na APAC de Araxá

No dia 4 de março, iniciou, na APAC de Araxá, o Projeto "Capacitar para Reintegrar". O projeto é uma parceria entre a APAC, a Cáritas Arquidiocesana, a Paróquia Sagrada Família – Pastoral Carcerária e a UniAcia.

Para tanto, a UniAcia disponibilizou uma plataforma de cursos online, a fim de treinar e capacitar os recuperandos, contribuindo para sua formação profissional e reintegração no mercado de trabalho.

A APAC de Araxá agradece a todos os parceiros por esta iniciativa, que tanto contribuirá na educação dos recuperandos e reincersão social, pois através da educação, os sonhos se reconstroem e a esperança com um futuro melhor se torna uma realidade.

Diretor Geral da FBAC visita APAC de Santa Luzia

No dia 11 de março, o Diretor Geral da FBAC, Valdeci Antônio Ferreira, visitou a APAC de Santa Luzia. Durante a visita, Valdeci realizou várias atividades: dialogou com funcionários e técnicos, reuniu-se com a administração da entidade e ministrou uma palestra de valorização humana para todos os recuperandos da APAC.

Valdeci dialogou com os recuperandos sobre o tema da espiritualidade. Apresentou seu novo livro, "O preso poderá condena-lo" e convidou os recuperandos para deixarem as máscaras e assumirem a APAC com convicção, frisando que a APAC é Obra de Deus e que os recuperandos são responsáveis pela recuperação, uns dos outros. Ao final, Valdeci falou sobre sua história, sobre o futuro das APACs e sobre a realidade atual.

Segundo Valdeci esta iniciativa marca o início de uma série de visitas que irá fazer, no decorrer do ano, para visitar as APACs e, desta forma, aproximar-se das bases.

FBAC E APACs PARTICIPAM DE CURSO NO TCE/MG

Nos dias 12 e 13 de março, com apoio da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados - FBAC, do Governo de Minas Gerais e do Ministério Público de Minas Gerais - MPMG, o Tribunal de Contas de MG - TCE/MG e o Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG realizaram, no Auditório Vivaldi Moreira do TCEMG, o curso de Gestão das Parcerias para o Terceiro Setor: Novas perspectivas para as APACs. O curso objetivou orientar as APACs (Associações de Proteção e Assistência aos Condenados) sobre as prestações de contas.

O curso contou com a presença de 120 representantes das APACs mineiras: presidentes, encarregados de tesouraria e contadores, e também com os colaboradores da FBAC. Além disso, as APACs dos outros Estados brasileiros participaram do encontro, com transmissão on-line.

Na abertura, o ouvidor do TCE, Conselheiro Durval Ângelo, acolheu a todos e disse que "é importante que se estabeleça um contato permanente entre o Tribunal de Constas e as APACs, para que se possa auxiiar nas prestações de contas dessas organizações."

Para o presidente da APAC de São João del Rei, Antônio Carlos de Jesus Fuzatto, "o encontro foi muito importante porque apresentou temas muito pertinentes ao nosso trabalho, principalmente com relação ao MROSC e Planejamento. Esta capacitação muito irá nos ajudar para aprimorar a gestão das APACs. Estamos gratos à FBAC e todos os parceiros que nos proporcionaram esta capacitação."

Segundo o encarregado de tesouraria da APAC de Santa Luzia, Wilmar da Silva Ramos, "foram muito interessantes todas as palestras, porque nos trouxe várias luzes, em nosso trabalho de prestação de contas. Encontramos nas palavras dos palestrantes caminhos e ideias, legitimados por leis, para que possamos abrir fóruns de discussões entre a FBAC, APACs e com o Estado."

 

Clique aqui para ver as fotografias.

 

Foram convidados para palestrar durante o curso:  
1. Conselheiro Durval Ângelo, Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de MG, dando as boas vindas aos participantes.
2. D. Gustavo Vidigal Costa, Assessor do Gabinete do TCE, com tema: Prestação de contas à luz da resolução estabelecida na lei 13.019/2014.
3. Dra. Daniela Marra, contadora, Mestre em Administração Pública e Especialista em Controladoria e Finanças Corporativas.
4. Dr. Henrique Nogueira Macedo, Promotor de Justiça e coordenador do CAOCRIM - Centro de Apoio Operacional às Promotorias Criminais, Tribunal do Juri, Execução Penal e Auditorias Militares do Ministério Público de Minas Gerais, com tema: A visão do Poder Judiciário sobre a Gestão das APACs.
5. Dr. Luiz Carlos Rezende e Santos, Juiz auxiliar da presidência do TJMG - Tribunal de Justiça de Minas Gerais e juiz titular da Vara de Execuções de Belo Horizonte, com tema: A visão da FBAC sobre a gestão das APACs.
6. Valdeci Antônio Ferreira, Diretor Geral da FBAC.
7. Dr. Renato Dolabella Melo, professor do Terceiro Setor, da Fundação Dom Cabral, PUC, IBMEC, FUMEC e Unifenas, com tema: Diretrizes de Parcerias à luz do MROSC - Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil.
8. Thiago de Jesus Ferreira, Coordenador do Núcleo de Convênios Estaduais, da Diretoria de Contratos e Convênios, com tema: Formalização e Alteração de termos de colaboração.
9. Adalberto Reis do Nascimento, coordenador do Núcleo de Monitoramento e Controle da Diretoria de Custódias Alternativas, com tema: Monitoramento e avaliação dos termos de colaboração.

Diretor Geral da FBAC lança livro "O preso poderá condená-lo"

No dia 9 de março, na sede da FBAC, localizada à Rua João Nogueira Santos, 346, Nogueirinha, Itaúna/MG, o Diretor Geral da FBAC, Valdeci Antônio Ferreira, lançou o livro “O preso poderá condená-lo”.

Várias autoridades estiveram presente e pronunciaram palavras em favor do Método APAC e em reconhecimento pelo trabalho missionário de Valdeci Ferreira.

Em sua fala, Valdeci explicou o conteúdo e objetivos da edição e publicação deste livro: “A espiritualidade é o motor que move as APACs – Associações de Proteção e Assistência aos Condenados. Esta espiritualidade nas APACs é o resultado da vida espiritual das pessoas que ali trabalham: funcionários, técnicos e voluntários.

Estou envolvido neste projeto há 36 anos. Pude perceber, em minha própria vida, que um trabalho desta natureza, em que você se propõe a aplicar uma terapêutica própria para recuperar os condenados, é muito exigente. Por isso, as pessoas que ali trabalham deverão cultivar uma mística que as mantenham de pé, não obstante as dificuldades, os desafios e as vicissitudes do dia-a-dia, para que possam continuar fazendo a experiência do bom samaritano, que é aquele que vai ao encontro do caído a beira do caminho.

Neste livro iremos oferecer elementos, para que aqueles que trabalham nas APACs possam desenvolver uma mística, que os motive a ir até os presídios de coração aberto, desarmado, com uma atitude de solidariedade e generosidade, mantendo em seus corações a fé e a crença inabalável na recuperação do ser humano.

Resumindo, o primeiro objetivo deste livro é contribuir para que as pessoas que trabalham nas APACs possam desenvolver uma espiritualidade e mística fortes, que as sustentem no caminho.

Em certo momento, acreditávamos que o trabalho das APACs havia sido inspirado para atender tão somente aos presos de Itaúna e pensávamos que havíamos cumprido nosso objetivo. No entanto, começamos a receber dezenas de cartas de todo o país e delegações de pessoas que queriam conhecer o trabalho das APACs e implantá-las em suas cidades e países. Hoje existem dezenas de APACs funcionando nos moldes de Itaúna, sem o concurso de policiais ou agentes penitenciários, onde as chaves das grades ficam nas mãos dos presos, chamados na APAC de Recuperandos.

Este livro também tem o objetivo de ajudar aqueles que trabalham na APAC a não se perder pelo caminho. Percebemos que, na medida em que novas APACs são inauguradas, o Método poderia ser desvirtuado. Desta forma, as páginas aqui escritas irão contribuir para cada um regressar às fontes originais, segundo a máxima pronunciada por Dr. Mário Ottoboni: ‘Não mude, o homem, aquilo que Deus inspirou.’

Assim nasce este livro: “O preso poderá condená-lo”, propondo o grande desafio de acordo com São João da Cruz, no entardecer da vida, nós seremos julgados pelo amor. “Explicou Valdeci, autor do livro.

Estiveram presentes: Neider Moreira de Faria, prefeito de Itaúna, Dr. Adelmo Bragança de Queiroz, juiz da Vara de Execuções Penais da Comarca de Itaúna, Padre Gilmar Pinheiro Marques, Dr. Dirceu Ribeiro da Costa, Delegado de Polícia de Itaúna, Lacimar Cezário Silva, Vereador da Câmara Municipal de Itaúna, Rosse Andrade, Secretário Municipal de Infraestrutura, Antônio de Pádua, Engenheiro da Projetec, Hudson Bernardes, Vereador da Cámara de Itaúna, Ricardo Lopes Campos Alves, Presidente da APAC de Nova Lima, Clarimundo Moisés de Oliveira, presidente da APAC de Araxá, Humberto Rocha, presidente da APAC de Arcos, João José, Secretário Municipal de governo, Alexandre Nogueira, gerente do CREAS Itaúna, Itamar Antônio Santos, assistente social da Diaconia da Diocese de Divinópolis, José Levi, Presidente do Conselho Deliberativo da APAC de Divinópolis, Sérgio Mariani, Pesquisados do Método APAC, de Brasília, Valdir José de Andrade, presidente da APAC de Lagoa da Prata, Eugênio Pinto, Ex-prefeito municipal de Itaúna, Pedro Paulo Pinto, ex-vice Prefeito de Itaúna, Fernando Franco, vice-prefeito de Itaúna, Renata Rachid, Presidente do Conselho Deliberativo da APAC de Betim, Pastor Gilberto Maximo, Igreja do Evangelho Quadrangular, Elza Lopes, jornalista do Jornal Brexó, Luiz Parreira, jornalista Jornal Social, Cristiane Nogueira, psicóloga do CAPS-AD de Itaúna, Leigos Missionários Combonianso, equipes das APACs, equipes da FBAC, voluntários e amigos das APACs,

Clique aqui para ver todas as fotografias

Governador e autoridades estaduais conhecem as obras da Apac de Paraúna

Integrantes do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de Paraúna apresentaram, nesta sexta-feira (6/3), ao governador Ronaldo Caiado; ao presidente da Assembleia Legislativa, Lissauer Vieira; ao diretor geral de Administração Penitenciária, coronel Welington Urzeda, deputados federais e estaduais, juízes e autoridades da região, as obras da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Paraúna. A unidade, que está sendo construída para abrigar 120 presos na metodologia Apac, é um piloto no Estado de Goiás.

O procurador-geral de Justiça, Aylton Flávio Vechi, ressaltou que o MP-GO tem sido o indutor desta proposta no Estado, tendo em vista que o modelo implementa não só uma perspectiva humanizadora no cumprimento da pena, como representa um gasto significativamente menor aos cofres públicos e com mais eficiência. “O cumprimento da pena não deixa de acontecer, mas em um ambiente de disciplina rígida, trabalho e com alto índice de ressocialização”, afirmou. Aylton agradeceu ainda a presença de todas as autoridades presentes no local das obras, ponderando que isso representa o interesse do poder público goiano em viabilizar esta iniciativa.

As Apacs são entidades sem fins lucrativos, que têm como objetivo recuperação e reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade, operando em auxílio aos Poderes Executivo e Judiciário, respectivamente, na administração do cumprimento das penas privativas de liberdade e na execução penal. Conforme destacado pelo coordenador da Área de Políticas Públicas e Direitos Humanos do Centro de Apoio Operacional do MP-GO, promotor André Luis Ribeiro Duarte, trata-se de uma proposta alternativa de gestão prisional, que tem sido considerada inovadora e mais humanizada.

Pelo MP-GO, estivaram ainda presentes a subprocuradora-geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Laura Maria Ferreira Bueno, e o promotor de Justiça em substituição na comarca de Paraúna, Paulo Parizotto.

A unidade de Paraúna
O projeto-piloto da Apac de Paraúna, instalado em terreno doado pelo município, está sendo erguido com mão de obra dos detentos locais, recursos advindos do Conseg e apoio do município de São João da Paraúna. O terreno, de cerca de 24 mil metros quadrados (m²), abrigará um complexo de 2,5 mil m², que contará com 3 alas de alojamentos (1 para os detentos do regime fechado, 1 para o regime semiaberto e 1 para os albergados).

O projeto, apresentado pela engenheira civil Ana Célia Rodrigues Souza Campos, prevê ainda local para a administração, área de lazer, sala de aula, biblioteca, horta, auditório, refeitório e área para oficinas de trabalho. A previsão é que serão oferecidos cursos de marcenaria, fabricação de blocos de concreto, padaria, serralheria e selaria. Na parte da frente da unidade, haverá ainda uma loja, para que sejam comercializados os produtos fabricados pelos detentos.

De acordo com o presidente do Conseg de Paraúna, Leandro Gomes Pereira, a obra, que teve início há dois anos, tem previsão de ser concluída em junho deste ano, a um custo total de R$ 1,8 milhão. “Contamos muito com o apoio de toda a comunidade”, ponderou. André Duarte esclareceu que se trata de uma obra da sociedade local, através do Conseg, que irá beneficiar toda a região. 

O promotor Paulo Parizotto acrescentou que ainda falta apoio para a iniciativa, especialmente financeiro. Ele acredita que muito se deve à ideia de que a Apac é como um presídio convencional. “Em Paraúna, a metodologia não está implementada ainda, mas os 15 presos que estão envolvidos na obra já tiveram uma ideia inicial da proposta, que guarda as condições necessárias para a ressocialização”, observou.

Apoio governamental
Após a apresentação da proposta, o governador Ronaldo Caiado elogiou o empenho do MP-GO na implementação do projeto-piloto de Paraúna, ponderando que este tipo de iniciativa está em consonância com a política do Estado para a área de segurança pública, que é a de coibir a criminalidade. “Esta proposta tem uma dimensão social ímpar e com uma proposta diferente. Se tivermos esta estrutura em outros municípios, certamente poderemos possibilitar que os índices de ressocialização se alterem no Estado”, analisou.

O presidente da Assembleia, Lissauer Vieira, recordou que já havia conhecido a estrutura da Apac de Frutal (MG) no ano passado, a convite do MP-GO, e que deste então tem sido um entusiasta da proposta. O deputado estadual Cairo Salim e a deputada federal Flávia Morais igualmente elogiaram a proposta e comprometeram-se a apoiá-la no âmbito do Poder Legislativo.

O prefeito de Paraúna, Paulo José Martins, destacou que o MP-GO, o Tribunal de Justiça e a prefeitura têm sido parceiros na implementação da Apac de Paraúna, a qual acredita que se tornará realidade com a adesão das demais esferas de governo. Para a juíza titular da comarca, Wanderlina Lima de Morais Tassi, trata-se de dignificar o cumprimento da pena. “O modelo Apac será uma alternativa ao modelo tradicional, que possibilitará ao detento aprender um ofício, agregar valor a produtos produzidos intramuros e efetivamente ressocializar-se, o que será um ganho para toda a sociedade”, destacou. (Texto: Cristina Rosa, fotos: João Sérgio Araújo/ Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

Lugar de mulher, também é na APAC

Neste dia em que se comemora o dia da mulher, queremos agradecer a todas as mulheres que ajudam a manter o nosso movimento apaqueano de pé.

O dia das mulheres surgiu como um dia de protestos, de luta pelos direitos femininos. Hoje não cabe mais desigualdades, injustiças, feminicídios.

A mulher exerceu, exerce e sempre exercerá um papel determinante em nossa sociedade. Sem a forte presença feminina, nossas APACs provavelmente estariam fadadas ao fracasso. Através de gestos singelos, fraternos, acolhedores, fortes, gentis, ternos, as mulheres nos ensinam, sobretudo a não desanimar diante das dificuldades e vicissitudes da vida.

Por tudo isso quero agradecer especialmente à minha mãe, D. Maria, pelo dom da vida e pelos valores que me acompanham. A ela dedico a Obra: O Preso Poderá Condená-lo, que iremos lançar amanhã acerca da espiritualidade da APAC.

Que o Deus da vida abençoe a cada uma de vocês, funcionárias, voluntárias, técnicas e recuperandas das APACs.
Estamos juntos!
Valdeci, Diretor Geral da FBAC

 

APACs iniciam curso de voluntários

Várias APACs iniciaram, no dia 7 de março, o Curso de voluntários 2020. O voluntário e o curso para sua formação é um dos elementos do Método APAC. O curso, com duração de 4 meses, visa formar o voluntário, para atuar na APAC. Para tanto, vários temas são tratados durante o curso: história da APAC, Vida e obra de Dr. Mário Ottoboni, fundador da APAC, Vida e martírio de Franz de Castro, metodologia APAC, regulamentos da APAC, entre vários outros. 

Se você ainda não se inscreveu, procure a APAC mais próxima de sua residência. Participe! Conheça esta obra de grande alcance social e cristão! Estamos juntos!

Outras notícias

FBAC e APACs fazem luto

19-02-2021

FBAC e APACs fazem luto em virtude do falecimento da ex-presidente e voluntária benemérita da...

Leia mais

FBAC realiza I Curso de Conhecimento e Aperfeiçoamento para os recuperandos da APAC de Manhumirim-MG

01-02-2021

Aconteceu no período de 27 a 29 de janeiro de 2021, o I Curso de...

Leia mais

Projeto garante melhoria da produtividade na APAC de Manhuaçu

21-01-2021

A APAC está presente em Manhuaçu e viabiliza a recuperação e a reintegração social de condenados....

Leia mais

Nova unidade da Apac de Ituiutaba é inaugurada por Gilson Lemes

05-11-2020

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Gilson Soares Lemes, inaugurou...

Leia mais

DEPEN E DEPEN-MG na APAC de SJDR para acompanhar aquisição de equipamentos de saúde

18-10-2020

Na quarta-feira (07), recebemos servidores do Departamento Penitenciário Nacional e de Minas Gerais (DEPEN/DEPEN-MG). Os...

Leia mais

APAC de Perdões inaugura sala de informática

19-08-2020

APAC de Perdões recebe visita do Diretor Geral da FBAC, Valdeci Ferreira, e inaugura sala...

Leia mais

APAC de Rio Piracicaba enfrenta pandemia com criatividade e muito trabalho

03-08-2020

O mês de Julho foi especial na APAC feminina de Rio Piracicaba, devido às diversas...

Leia mais

APACs DE FRUTAL DOAM MÁSCARAS PARA ASILO PIO XII

30-07-2020

A APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados de Frutal) colabora com o Asilo...

Leia mais

CAMPANHA HUMANIZAR A PENA. PROMOVER A VIDA JÁ ENTREGOU QUASE 40 MIL MÁSCARAS PARA A…

28-07-2020

Iniciativa da AVSI Brasil e FBAC, cofinanciada pela União Europeia,  tem como meta a produção de...

Leia mais

APAC de Inhapim combate a pandemia com criatividade e ousadia

17-07-2020

A APAC de Inhapim, desde o início da pandemia, viu-se compelida a fazer algo para...

Leia mais

APAC de Campo Belo doa máscaras para Vila Vicentina

15-07-2020

Doação de 540 máscaras para a Vila Vicentina Furtado de Menezes   Pr. Walter, presidente da APAC,...

Leia mais

APAC Arcos distribui máscaras de proteção para instituições da cidade

15-07-2020

Máscaras de Proteção estão sendo produzidas na Instituição pelos recuperandos do regime fechado No dia 14...

Leia mais

APAC de Santa Maria combate à pandemia com dedicação e empenho

10-07-2020

Desde que a pandemia começou, todos na APAC de Santa Maria (recuperandos, familiares, funcionários e...

Leia mais

APAC de Porto Alegre inicia confecção de máscaras

06-07-2020

A APAC de Porto Alegre/RS - Partenon, que tem como um de seus pilares a...

Leia mais

FBAC homenageia Des. Nelson Missias

05-07-2020

No dia 25 de março, a Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), homenageou o...

Leia mais

Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac e APAC produzem máscaras de pano para proteção contra…

03-07-2020

As máscaras são grandes aliadas para evitar a proliferação da Covid-19. Devido à importância desse...

Leia mais

APAC de Itapecuru Mirim recebeu máquinas para confecção de máscaras

02-07-2020

A Associação de Proteção aos Condenados (APAC) de Itapecuru-Mirim recebeu, na quarta-feira, 1º de julho,...

Leia mais

Mantena inaugura primeira etapa de construção da APAC

30-06-2020

A comunidade de Mantena, na região mineira do Rio Doce, deu um importante salto para...

Leia mais

APAC de São João del Rei completa 12 anos

29-06-2020

Neste sábado, dia 27 de junho, a APAC de São João del-Rei completou 12 anos...

Leia mais

Pesquisa avalia violência no sistema prisional em Minas

29-06-2020

Os resultados do primeiro estudo de vitimização da violência contra os presos, realizado no Brasil,...

Leia mais

FBAC organizou manhã de Oração e Jejum das APACs

26-06-2020

No dia 26 de junho, com o tema: "Atravessando a noite com Jesus", a FBAC...

Leia mais

FBAC participa de inauguração na APAC de Patos de Minas/MG

26-06-2020

O Diretor Geral da FBAC, Valdeci Antônio Ferreira, e o presidente do Conselho de Administração...

Leia mais

FBAC participa da inauguração da APAC de Patrocínio/MG

26-06-2020

O Diretor Geral da FBAC, Valdeci Antônio Ferreira, e o presidente do Conselho de Administração...

Leia mais

Recuperandos de Apacs produzirão 350 mil máscaras para combate ao coronavírus

18-06-2020

Cerca de 400 recuperandos e recuperandas de 23 Associações de Proteção e Assistência aos Condenados...

Leia mais

Entregue a primeira leva de máscaras pela APAC São João del Rei

16-04-2020

Entregue a primeira leva de máscaras produzida pelos recuperandos da APAC Masculina e Feminina de...

Leia mais

APAC DE FRUTAL PARTICIPA DE MUTIRÃO DA LIMPEZA CONTRA O COVID-19

11-04-2020

Uma equipe de recuperandos do Regime Semiaberto com autorização para o trabalho externo colaborou, de...

Leia mais

APAC DE PASSOS ENFRENTA PANDEMIA COM REFORMA DE HOSPITAL

09-04-2020

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, APAC, visa recuperar o preso, proteger a...

Leia mais

G1 apresenta confecção de máscaras na APAC de Caratinga

06-04-2020

Apac confecciona mascaras que serão doadas para profissionais da saúde Associação de Proteção e Assistência aos...

Leia mais

APAC feminina de Rio Piracicaba produz centenas de máscaras

06-04-2020

As recuperandas da APAC Feminina de Rio Piracicaba, atendendo às recomendações das autoridades civis e...

Leia mais

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • governoMA.jpg
  • isvor.jpg
  • logogoverno.png
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • tjmg.png
  • UE.jpg