3º Casamento Comunitário APAC de Caratinga/MG

No dia 6 de outubro foi realizado casamento comunitário com a presença de nove noivos e noivas acompanhados de seus familiares e padrinhos, foi realizada então uma linda cerimônia ministrada pelo pastor Gilberto e logo em seguida pelo padre Moacir, após a cerimônia e a troca de alianças toda a equipe da APAC se prontificou e serviu a todos os que estavam presentes. Foi tudo muito bem organizado e preparado para que todos os recuperandos e seus familiares sentissem-se a vontade e felizes em realizar esse lindo momento na vida de todos.

Este casamento é fruto de uma parceria entre a APAC DE Caratinga, com a Defensoria Pública de Minas Gerais e CEJUSC, com o intuito de fortalecer os núcleos familiares e os vínculos afetivos dos recuperandos.

Estiveram presentes: Juiz de Direito Unidade Jurisdicional Única do Juizado especial e Diretor do Foro Dr. Anderson Fábio Nogueira Alves, Defensora Pública da Comarca de Caratinga Dra. Tamires Gomes Brandão, Dra. Hosana Regina Andrade de Freitas - Promotora da 5º promotoria de Justiça de Caratinga, Vice presidente da APAC de Caratinga, Sr. Márcio de Sá.

"Na verdade o coração estava um pouquinho acelerado e estou muito emocionada de ter sido convidada para participar desse momento. A responsabilidade era muito grande. Precisava ser tudo perfeito, mas com o cronograma e apoio da diretoria correu tudo bem. Com certeza este momento irá ficar na história desses casais e suas famílias, afinal contribuímos para realizar um sonho, um sonho não, nove sonhos." Disse a cerimonialista, Gigi Azevedo

Dra. Tamires Gomes Brandão, Defensora Pública da Comarca de Caratinga, explicou: "Essa e a terceira edição do casamento comunitário realizado na APAC. Neste ano tivemos a participação de um grande parceiro que é o CEJUSC, contribuindo para toda a parte formal e a conversão da união estável em casamento. Realizamos tudo com muita satisfação."

 

Ituiutaba define uso de prestações pecuniárias; valores irão para a APAC e presídio local

O juiz Silas Dias de Oliveira Filho, da Vara Criminal, da Infância e da Juventude e de Precatórias da Comarca de Ituiutaba, deferiu a destinação de R$ 573.142,76 – valores derivados de prestações pecuniárias – para três projetos. À implantação do regime fechado na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) de Ituiutaba serão destinados R$ 500 mil. Para a construção de celas íntimas e de triagem, além da compra de câmera e scanner para o presídio de Ituiutaba serão R$ 70.774,66.

Foram apresentados 23 projetos, avaliados pelo setor social da comarca, a Defensoria Pública e o Ministério Público. Em relação à Apac, o juiz Silas Dias de Oliveira Filho considerou que o projeto apresentado foi o de mais alta relevância. “Providência que se mostra indispensável ao aprimoramento da execução penal na comarca de Ituiutaba.

Em especial, ressocializador da reprimenda, observando-se o princípio constitucional da dignidade da pessoa humana, o que não pode ser mitigado em razão da segregação de liberdade”, disse.

Quanto ao projeto “Cela Triagem e Celas Íntimas”, segundo o magistrado, trata-se de uma iniciativa de importância para o incremento da segurança na unidade prisional, já que a atual estrutura é inadequada ao fim a que se destina.

A câmara com cartão de memória trará ganho de segurança aos agentes prisionais e aos detentos, diante da necessidade de gravação de todos os procedimentos de segurança.

Já a impressora multifuncional facilitará a movimentação de peças no Sistema Eletrônico de Execução Unificado (SEEU) na unidade prisional, esclareceu o juiz Silas Dias de Oliveira Filho.

Fonte: Pontal em foco

 

Primeira APAC Juvenil é inaugurada em Frutal/MG

Projeto piloto em Frutal poderá receber até 60 menores em conflito com a lei 

 

A cidade de Frutal, no Triângulo Mineiro, entrou para os anais da história das Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apacs) com um ato pioneiro, celebrado nesta sexta-feira, 4 de outubro: a inauguração, na comarca, de uma unidade dedicada ao público juvenil.

Na unidade, batizada de Apac Juvenil Centro Educacional Doutor Mário Ottoboni, será desenvolvido o projeto piloto de aplicação da metodologia apaquiana junto a menores em conflito com a lei. A experiência é inédita e a unidade é a primeira do gênero no mundo.

O valor da obra, cerca de R$ 770 mil, foi integralmente custeado pelo Poder Judiciário local com verbas de prestações pecuniárias. Iniciada em janeiro de 2019, a obra foi concluída em nove meses. Trabalharam na construção os recuperandos da Apac masculina da comarca, que tem também uma unidade dedicada ao público feminino.

Ao discursar, o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais, falou de sua emoção diante do momento. Lembrou que foi um dos primeiros a atuar na metodologia apaquiana, “quando descobri que a Apac recuperava não apenas os apenados, mas também os juízes".

“Temos trilhado um caminho altamente positivo na valorização do sistema apaquiano”, disse aos presentes. Contou que o Judiciário mineiro apoiou a criação de centenas de vagas em Apacs, em Minas, e tem sensibilizado autoridades de todo o País a investirem no modelo.

Crescimento e maturação

O presidente ressaltou as peculiaridades da unidade que atuará com adolescentes. “Precisaremos de cautela, muita cautela, no trato com todos eles, de modo a que associem sua passagem por aqui, que será breve, à necessidade de se prepararem dignamente para uma vida feliz e produtiva”, observou.

“Não poderemos nos comportar como carcereiros nem como meros tutores, mas não deveremos abrir mão de nossa responsabilidade de orientadores do processo de crescimento e maturação desses jovens, eventualmente infratores, mas potencialmente homens com um futuro a descobrir e construir”, ressaltou.

Entre outros pontos, o chefe do Judiciário mineiro afirmou que a inauguração do Centro Educativo Doutor Mário Ottoboni “terá o condão de nos ensinar que precisamos construir também alternativas para o tratamento dos menores infratores”.

“Sabemos todos que a solução, a ‘grande solução’, só virá com o fim da nossa desigualdade social e econômica, que é imoral, e com o investimento na educação básica”, disse o presidente Nelson Missias. Acrescentou que “a realidade que temos é a que está aí e é dentro dela que devemos pautar nossa atuação.”

Divisor de águas

“Diante das circunstâncias vivenciadas pela Comarca de Frutal no enfrentamento de menores em conflito com a lei, ter a oportunidade de inaugurar um Centro Socioeducativo Juvenil, sob a gestão da Apac, significa investir no ser humano em seu momento mais sensível”, destacou o diretor do foro da comarca, Gustavo Moreira.

O magistrado observou ser de conhecimento geral o fato de a maioria da população carcerária do País ter idade entre 18 e 25 anos. Boa parte deles pratica atos infracionais que não foram objeto de responsabilização ou aplicação de medidas socioeducativas.

“Assim, investir em um centro de ressocialização de menores tem por escopo buscar construir uma sociedade mais justa, pacificada e igualitária em oportunidade àqueles que se encontram em período de formação”, disse.

Na avaliação do juiz, educar estes menores e reinseri-los em atividades educacionais, profissionalizantes e voltadas à proteção da família produzirá impactos “nos números de criminalidade que afetam todo o território nacional.”

“A iniciativa representa conquista ímpar à Comarca de Frutal, que se destaca por ser a primeira em território nacional a investir em uma metodologia reconhecida nacionalmente pela eficácia e pelo baixo custo. Certamente, a unidade será um divisor de águas na recuperação de menores em conflito com a lei”, declarou o juiz.

Novo desafio

O diretor-executivo da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC), Valdeci Antônio Ferreira, explica que a Apac nasceu em 1972, na cidade paulista de São José dos Campos, por iniciativa do advogado e jornalista Mário Ottoboni. A FBAC é a entidade que assessora e fiscaliza as Apacs em todo o mundo. 

“Toda a metodologia foi desenvolvida, inicialmente, para atender ao público masculino”, observa. Foram somente três décadas depois, em 2002, com a metodologia já consolidada, que surgiu a primeira Apac Feminina, em Itaúna. 

O diretor da FBAC ressalta que as adaptações para o atendimento às mulheres exigiram três anos de muito estudo e pesquisas. “Só depois desse período é que começamos a incentivar a multiplicação das Apacs femininas em Minas e outros estados do País”, observa. 

Quase 20 anos depois, ressalta Valdeci, surge o novo desafio: adaptar a metodologia para adolescentes em conflito com a lei. “Essa experiência de atendimento a esse público já vinha sendo aguardada há muito anos”, conta. 

Valdeci explica que a escolha de Frutal para receber esse projeto piloto se deve ao fato de na comarca já funcionar uma Apac masculina e outra feminina, de existir ali uma comunidade envolvida e participativa e do apoio do Executivo e do Legislativo, da OAB Local, da Defensoria Pública e, em especial, do Judiciário e do Ministério Público. 

Validação 

“A FBAC participou, deste o início, da elaboração do projeto pedagógico e do plano arquitetônico da unidade, pois para essa experiência juvenil precisam ser considerados vários fatores. Principalmente, o fato de que a psicologia do adolescente infrator é diferente do adulto infrator”. 

Outro aspecto que ele destaca é a legislação, que difere da aplicada ao público adulto. “A FBAC estará muito próxima desse projeto piloto. Precisaremos de tempo para fazer as devidas adequações na metodologia para esse novo público”, declara. 

De acordo com Valdeci Ferreira, será preciso, no mínimo, um ano para a validação da experiência. “Somente após esse tempo, poderemos incentivar sua adoção em outras comarcas. Nenhuma outra Apac Juvenil, além da de Frutal, poderá ser iniciada sem que a FBAC valide primeiro a experiência de Frutal”, ressalta. 

“Para nós, essa inauguração é motivo de muita alegria e muita esperança. Será feita uma nova experiência, e com isso podemos dizer que o método fica completo: atendimento ao público adulto masculino, adulto feminino e adolescentes em conflito com a lei”, concluiu.

Modelo

“A inauguração da primeira Apac Juvenil de Minas, do Brasil e do mundo, em Frutal, representa um grande desafio para nós, mas este é, sobretudo, um momento festivo e de grande alegria em nossos corações”, declara a o presidente da Apac de Frutal, Natanael Silveira de Souza.

De acordo com o presidente da Apac de Frutal, o pedido de instalação de uma unidade dedicada ao público juvenil, na comarca, partiu do diretor do foro, juiz Gustavo, “grande incentivador e parceiro nosso”, diante da necessidade de uma casa apropriada para receber menores em conflito com a lei.

“Para as famílias da região, era muito sofrido quando seus filhos eram enviados para cumprir medidas de internação em cidades distantes, como Uberaba ou Uberlândia. Por isso, a importância dessa iniciativa para a comunidade”, observa.

A unidade juvenil entrará em funcionamento em janeiro de 2020. “No início, será preciso um trabalho de adaptação, mas estamos certos de que a Apac Juvenil de Frutal se tornará um modelo e essa experiência será expandida por todo o País, recuperando mais e mais jovens”, avalia.

A gestora das Apacs de Frutal, Paula Queiroz Vieira, esteve também presente à inauguração e foi uma das oradoras. A partir de agora, segundo Paula, serão iniciadas as negociações com o governo do Estado para firmar o convênio necessário para repasse dos recursos que possibilitarão a confecção do processo seletivo para contratação e treinamento de funcionários – serão abertas 32 vagas na Apac Juvenil.

Ela salientou que "sem o TJMG nós hoje não estaríamos inaugurando a Apac Juvenil. A unidade foi construída com recurso de penas pecuniárias. Todo recurso foi oriundo do TJMG, a quem agradecemos pelo empenho, não só pela construção da Apac Juvenil, mas também pelo apoio às Apacs feminina e masculina.

A Apac Juvenil está localizada na estrada de Pirajuba, km 1 - Bairro Frutal II.

Presenças

Também prestigiaram a solenidade, entre diversas autoridades, os desembargadores Valéria Rodrigues Queiroz, superintendente da Coordenadoria da Infância e Juventude (Coinj); Júlio César Gutierrez, superintendente do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMG) e a coordenadora do Programa Novos Rumos, Márcia Maria Milanez. Esteve presente ainda o juiz auxiliar da Presidência Luiz Carlos Rezende e Santos, representando o presidente da Amagis, Alberto Diniz Junior.

A placa de inauguração foi descerrada pelo presidente do TJMG, Nelson Missias de Morais, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Mario Lúcio Alves de Araújo, o procurador geral de Justiça, Antônio Sérgio Tonet, o diretor executivo da FBAC, Valdeci Ferreira, o presidente da Apac de Frutal, Natanael Silveira de Souza, a prefeita de Frutal, Maria Cecília Machi, a gestora das Apacs, Paula Queiroz Vieira e o juiz Gustavo Moreira. Também foram entregues placas de homenagens a várias personalidades pelo presidente da Apac, Natanael Silveira de Souza.

Vários prefeitos da região compareceram: Maria Cecília Machi (Frutal), Benice Maria (Itapegipe) e Pirajuba (Rui Ramos), além de políticos, representantes do Judiciário e outras autoridades da região.

A unidade

A Apac Juvenil de Frutal possui 4 mil metros quadrados de área total, sendo 1.206 metros quadrados de construção, divididos em área administrativa, regime semiliberdade, regime de internação provisória e regime de internação, com capacidade para abrigar um total de 60 jovens.

No espaço lúdico, na área externa, há uma área de jardinagem de mil metros quadrados e uma quadra de areia. A área administrativa é composta por recepção, sala da diretoria, sala de apoio aos plantonistas, sala administrativa e salas de atendimento odontológico, psicológico e de assistência social, cozinha, dispensa e varandas e banheiros acessíveis.

Em seu nome, o centro educacional homenageia o idealizador da metodologia apaquiana. Estudioso do sistema penitenciário brasileiro, Mário Ottoboni criou, na década de 1960, um grupo para avaliar de perto a realidade nos presídios e estudar o tema. Dessa experiência, e sob a liderança dele, surgiu o método Apac.

O que são as Apacs

As Apacs são uma alternativa ao sistema prisional comum. Consistem em uma metodologia que aposta na recuperação do ser humano que cometeu um crime, tendo como base de seu trabalho a humanização do cumprimento das penas privativas de liberdade. 

Fonte:

Assessoria de Comunicação Institucional - Ascom

Tribunal de Justiça de Minas Gerais - TJMG 

(31) 3306-3920

Veja mais fotografias:

APAC ITUIUTABA COMPLETA 11 ANOS!

Há 11 (Onze) anos iniciamos uma longa viagem, cheia de Esperança, Determinação, entusiasmo, Fé, Presença em Deus e a possibilidade de oportunizar aos presos condenados desta comarca o cumprimento de pena baseado no Método APAC. 

Enfrentamos muitas dificuldades no início, no entanto, as experiências nos contam que o sistema carcerário convencional não tem respostas satisfatórias para a questão da criminalidade. Pelo contrário, gera mais violência. Ainda assim, existem pessoas que não acreditam na humanização da execução penal e em um modelo de prisão com ênfase na reeducação e inserção social do preso. Há quem duvide da capacidade de superação e do poder do amor, lição maior do Cristianismo.

A APAC de Ituiutaba é uma realidade: o ser humano é vulnerável sim, mas ele pode refazer a sua história. Os testemunhos de ex-recuperandos, recuperandos da APAC de Ituiutaba, seus familiares e de todos os envolvidos demonstram, enfaticamente, a eficiência do método. “Nenhuma recuperação acontece por acaso, sem que haja luta, determinação, renuncia, persistência e muita fé” (Mário Ottoboni).

A APAC de Ituiutaba acolhe 64 recuperandos no regime semiaberto e está inciando as obras para receber recuperandos no regime fechado. Desta forma, muito em breve, a APAC irá contar com os três regimes de cumprimento de pena, proporcionando um acompanhamento melhor dos recuperandos e de seus familiares.

Texto enviado pela direção da APAC de Ituiutaba

APAC de Passos sedia Jornada Treino de Libertação com Cristo

Com o tema: "Cristo liberta de todas as prisões", a FBAC realizou a IV Jornada treino de libertação com Cristo na APAC de Passos, dos dias 19 a 22 de setembro.

A jornada foi realizada para as APACs da região Sul de MG, com a participação de 89 recuperandos e mais de 20 representantes das APACs de: Alfenas, Arcos, Campo Belo, Perdões, Pouso Alegre masculina e feminina, São João del Rei masculina e feminina. Também esteve presentes representantes da APAC da Costa Rica, na América Central.

A FBAC está realizando seis jornadas treino de Libertação com Cristo em 2019, sendo cinco em Minas Gerais e uma no Maranhão. O objetivo é capacitar os representantes das APACs, a fim de que possam realizar a jornada em suas APACs.

A Jornada de Libertação com Cristo é um dos doze elementos do Método APAC. Consiste em um retiro espiritual, composto por quatro dias de reflexão e oração. Com uma linguagem própria, recuperandos são confrontados consigo mesmos e provocados a realizar uma profunda reflexão sobre suas vidas, seus problemas, suas esperanças e seu futuro.

Para Sr. Edson, vice-presidente da APAC de Passos, "a jornada foi uma grande vitória da APAC, pois a APAC já irá completar 20 anos e nunca tinha conseguido realizar a jornada. Estamos gratos a Deus, aos voluntários e funcionários e todos da FBAC que nos ajudaram para realizar este grande evento."

Sr Divino, encarregado de segurança da APAC disse: "Realizar esta jornada foi um sonho alcançado. Só foi possível devido a dedicação de todos os funcionários e voluntários da APAC. Com certeza não mediram esforços para a realização de nossa primeira jornada. Obrigado a todos. Que Deus abençoe cada recuperando e seus familiares, para que, a partir deste momento, possam buscar caminhos novos para suas vidas. Deus abençoe vocês."

Alguns recuperandos, muito emocionados, partilharam um pouco de suas impressões sobre a jornada:

"Agradeço a todos da FBAC e da APAC por realizar este evento para nós. Obrigado!"

"Estou muito feliz de participar deste evento. Pode ter certeza, a partir desta jornada eu vou firmar com a APAC. Nunva vou essa casa."

"Acho que não merecemos tanta dedicação e amor de vocês. Vi a correria e o esforço dos voluntários e funcionários para fazer algo para nós, que somos condenados. Nunca vamos esquecer isso. Obrigado!"

A FBAC agradece imensamente à APAC de Passos, que aceitou realizar a jornada em suas instalações, e a todos os funcionários e voluntários que participaram do treino, com o objetivo de realizar a jornada em suas APACs. Estamos juntos!

Com o tema: "Para quem ama, nada termina, tudo começa", a FBAC realizou a III Jornada treino de libertação com Cristo na APAC de Manhuaçu, dos dias 15 a 18 de agosto.

A jornada foi realizada para as APACs da região Leste de MG, com a participação de 123 recuperandos e mais de 20 representantes das APACs de: Caratinga, Inhapim, Manhuaçu, Manhumirim, Pedra Azul, Santa Maria do Suaçui e Teófilo Ottoni.

A FBAC está realizando seis jornadas treino de Libertação com Cristo em 2019, sendo cinco em Minas Gerais e uma no Maranhão. O objetivo é capacitar os representantes das APACs, a fim de que possam realizar a jornada em suas APACs.

A Jornada de Libertação com Cristo é um dos doze elementos do Método APAC. Consiste em um retiro espiritual, composto por quatro dias de reflexão e oração. Com uma linguagem própria, recuperandos são confrontados consigo mesmos e provocados a realizar uma profunda reflexão sobre suas vidas, seus problemas, suas esperanças e seu futuro.

Para Dra. Denise, presidente da APAC de Manhuaçu, "a jornada foi um grande presente de Deus para nossa APAC. Foi muito bom, não só para os recuperandos, mas para todos nós. Agradecemos imensamente todos que contribuiram para preparar, especialmente à FBAC que nos deu este suporte para realizar este momento maravilho."

Sra. Gláucia, presidente da APAC de Pedra Azul disse: "Eu já tinha participado em uma jornada, em Itaúna/MG, mas ví que muitas coisas estão melhores, como o uso de audio-visuais e outras dinâmicas. Não tenho dúvidas que Dr. Mário Ottoboni foi abençoado e inspirado por Deus, ao criar uma metodologia tão completa, que realmente proporciona a recuperação para os envolvidos na metodologia."

Durante o momento de avalização, vários recuperandos foram à frente para falar a respeito de suas impressões sobre a Jornada:

"Tenho 47 anos. Eu nunca podia imaginar que pudesse existir algo assim. Estou grato a Deus porque me deu esta oportunidade de estar na APAC e participar da jornada. Podem ter certeza, eu não volto mais para o crime."

"Quero pedir perdão por ter ficado tanto tempo em cima do muro. Eu, a partir de agora, estou com a APAC, vou defender esta casa com minha vida."

"Obrigado aos voluntários e funcionários da APAC e a todos os funcionários da FBAC. Esta jornada me ensinou que a vida é muito curta e estou perdendo meus dias e anos atrás das grades. Eu sairei daqui um homem novo, para cuidar da minha família e, se Deus quiser, meus filhos ainda terão orgulho de mim."

A FBAC agradece imensamente à APAC de Manhuaçu, que aceitou prontamente realizar a jornada em suas instalações, e a todos os funcionários e voluntários que participaram do treino, com o objetivo de realizar a jornada em suas APACs. Estamos juntos!

APAC feminina de Pouso Alegre realiza Café com Flores

No dia 13 de setembro, a APAC feminina de Pouso Alegre realizou o Café com Flores, a fim de proporcionar às recuperandas uma tarde de conhecimento e de entretenimento.
O evento foi possível graças a generosidade dos convidados, que ofereceram doces, salgados e bolos, formando uma linda e farta mesa para cearem junto com as recuperandas. Depois de uma palestra sobre motivação, atitude e compromentimento para resultado, os visitantes interagiram com as recuperandas, deixando-as á vontade, de forma natural, sem medos ou diferenças, promovendo desta forma, uma tarde maravilhosa.
Agradecemos imensamente a presença das "Mulheres que inspiram" - INPNL (Instituto Nacional de Neurolinguística) por este evento realizado na APAC.
“Quero falar em nome de todas as recuperandas da APAC Feminina de Pouso Alegre. Foi impressionante a forma com a qual fomos tratadas, sem pré-conceitos por todos que estavam presentes. A palestra sobre motivação nos incentivou a levantar, a lutar e a mostrar para nós mesmas que somos capazes de conquistar. O término da palestra aconteceu com todos se abraçando, sem descriminação ou separação. É isso que nos motiva, cada dia a mudar no jeito de falar, pensar, agir e viver. Estamos muito agradecidas.” Disse TLBF, recuperanda da APAC.
Segundo Daniela Domingues Santos, Diretora Social e Idealizadora do Projeto Mulheres que Inspiram, “através do Projeto Mulheres que inspiram - INPNL, agradeço a oportunidade de estarmos envolvidos neste projeto maravilhoso. Foi realmente impactante a acolhida, o carinho que sentimos neste lugar. Agradecemos a oportunidade de conhecer um pouco a realidade da APAC Feminina e nos interiorizarmos com este universo tão importante para as recuperandas."

APAC feminina de Governador Valadares conclui curso de salgadinhos

No dia 09 de setembro de 2019, a APAC feminina de Governador Valadares encerrou o curso de salgadinhos para festa.
O curso foi fruto de parceria com o Laboratório do Amanhã, que é um projeto de extensão da Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF - CAMPUS GV, sendo que a APAC foi comtemplada com este projeto para a oficina de salgadinhos de festa.
Foram desenvolvidas atividades de empreendedorismo, controle higiênico sanitário e a oficina de salgadinhos de festa. As atividades foram desenvolvidas pelos estudantes de Direito e Administração da universidade. Participaram do curso as recuperandas do regime fechado e semiaberto.
“Meu sentimento de hoje é de muita gratidão, primeiramente à Deus e depois a todos os envolvidos do laboratório do Amanhã, pelo carinho, dedicação e por acreditar em nós e na nossa oportunidade de se recuperar nos ensinando como enfrentar o mundo lá fora, abrindo várias janelas de oportunidades. Meu muito obrigado a todos. Eu amo muito esse projeto”, ressaltou uma recureranda do regime fechado.
A presidente da APAC, Karine de Souza Campos, disse: “Para a APAC é uma honra poder receber esse projeto que tem acrescentado valores e dado oportunidade de aprender uma atividade que futuramente será geradora de renda para as recuperandas e seus familiares. O projeto tem capacitado e incentivado o empreendedorismo de cada recuperanda.”

APAC Feminina inaugura a “Biblioteca Cora Coralina”

A APAC de São João del-Rei, por meio da Escola Estadual Detetive Marco Antônio de Souza, realizou a campanha “Promover a Leitura e o Desapego”, que teve como objetivo arrecadar livros para a biblioteca da escola.

Após mais de dois meses de campanha, foram arrecadados cerca de 500 livros e hoje compõe a primeira biblioteca da APAC Feminina de São João del-Rei, chamada Biblioteca Cora Coralina. 

A cerimônia de inauguração aconteceu na sexta, 13, e contou com a participação de diversas autoridades, entre elas a Superintendente de Ensino, Fabiana Magalhães, a Diretora Financeira, Márcia Paiva, o Exmo Juiz da 2ª Vara de Execuções Penais de São João del-Rei, Dr. Ernane Barbosa, o Presidente da APAC SJDR, Antônio Carlos Fuzatto, além da Diretora da Escola, Cida Mendes, professores da Escola e representantes do Deputado Dr. Frederico e do Museu Regional de São João del Rei.

A cerimônia contou com homenagens, contação de histórias e claro, a visita pelo novo espaço da APAC Feminina. Segundo Fuzatto, o espaço representa um novo local para as recuperandas encontrarem fomento à recuperação, além de aumentarem o arcabouço linguístico por meio dos livros. 

A APAC de São João del-Rei tem focado em despertar a importância da educação com os recuperandos e as recuperandas. Um dos projetos que tem mostrado grandes resultados é o Remição Pela Leitura, que também é desenvolvido em parceria com a Escola. O projeto possibilita remir dias da pena a partir da leitura e produção textual. Com a Biblioteca Cora Coralina, as internas poderão desfrutar mais diretamente dos prazeres da leitura. 

A APAC Feminina e parceria com a Escola agradece profundamente todas as doações, estas que vieram de instituições e de pessoas que acreditam na recuperação. Temos a certeza que esta nova semente da APAC Feminina será geminada com muito carinho por todas que vão utilizar a biblioteca.

 

Secretário de Estado de Segurança conhece a APAC Juvenil Centro Educativo “Dr. Mário Ottoboni”

Outras notícias

APAC de Paracatu recebe visitantes do DF

15-03-2020

No dia 6 de março, a APAC de Paracatu recebeu uma comitiva de membros do...

Leia mais

PRESIDENTE E DIRETOR DE PATRIMÔNIO DA APAC DE PELOTAS- RS, VISITAM AS APACs DE FRUTAL

15-03-2020

O Presidente da APAC de Pelotas, Leandro Leitzke Thurow, e o Diretor de Patrimônio, Luiz...

Leia mais

APAC feminina de São João del Rei realiza oficina de ovos de chocolate

15-03-2020

No dia 11 de março, a APAC feminina de São João del Rei preparou uma...

Leia mais

Projeto "Capacitar para Reintegrar" é realizado na APAC de Araxá

15-03-2020

No dia 4 de março, iniciou, na APAC de Araxá, o Projeto "Capacitar para Reintegrar"....

Leia mais

Governador e autoridades estaduais conhecem as obras da Apac de Paraúna

09-03-2020

Integrantes do Ministério Público de Goiás (MP-GO) e do Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) de...

Leia mais

Terço dos homens é realizado na APAC de Cachoeiro de Itapepmirim

29-02-2020

O Centro de Reintegração Social masculino da APAC de Cachoeiro de Itapemirim, recebeu no dia...

Leia mais

JANTAR DA GRATIDÃO APACs DE FRUTAL

29-02-2020

A Associação de Proteção e Assistência aos Condenados- APACs de Frutal realizou na quinta-feira (30/01)...

Leia mais

Primeira Missa celebrada na APAC de Cachoeiro de Itapemirim

21-02-2020

A APAC feminina de Cachoeiro de Itapemirim/ES, que administra o CRS masculino, recebeu na tarde...

Leia mais

Funcionários da Apac de Caratinga participaram do curso de justiça Restaurativa.

20-02-2020

Foi realizado, nos dias 10 a 14 de Fevereiro de 2020, no espaço do 62º...

Leia mais

Inaugurado CRS da APAC de Bacabal/MA

13-12-2019

O Centro de Reintegração Social (CRS) da APAC de Bacabal/MA foi inaugurado no dia 12...

Leia mais

APAC DE ITAÚNA REALIZA RETIRO ESPIRITUAL PARA OS RECUPERANDOS

13-12-2019

No primeiro sábado de dezembro, dia 7, foi realizado, para os recuperandos da APAC masculina...

Leia mais

Presidente do Conselho de Administração da FBAC participa da inauguração da APAC Feminina de BH

10-12-2019

Dr. Tomaz participou da inauguração da APAC feminina de Belo Horizonte, no dia 9 de...

Leia mais

APAC feminina de Cachoeiro realiza primeira valorização humana para familiares

06-12-2019

A APAC feminina de Cachoeiro de Itapemirim, que administra o CRS (Centro de Reintegração Social)...

Leia mais

APAC de Pouso Alegre realiza 1° encontro de casais

17-11-2019

Aconteceu no dia 09/11, na APAC de Pouso Alegre, o 1° Encontro de Casais. O...

Leia mais

APAC de Pirapora realiza casamento comunitário pela primeira vez

31-10-2019

A APAC de Pirapora/MG realizou, na manhã do dia 23/10/2019, o primeiro Casamento Comunitário com...

Leia mais

Prefeituras e Câmara firmam parceria com a APAC Frutal

28-10-2019

Uma reunião realizada no dia 10 de outubro, no auditório da APAC masculina resultou numa...

Leia mais

FBAC realiza formação na APAC de Bacabal

25-10-2019

A FBAC - Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados, realizou no dia 24 de novembro,...

Leia mais

Primeiro posto de cidadania implantado dentro do sistema prisional é inaugurado na APAC de Caratinga

18-10-2019

A implantação do PAPRE é uma iniciativa do CEJUSC com o intuído de atender e...

Leia mais

3º Casamento Comunitário APAC de Caratinga/MG

09-10-2019

No dia 6 de outubro foi realizado casamento comunitário com a presença de nove noivos...

Leia mais

APAC de Passos sedia Jornada Treino de Libertação com Cristo

23-09-2019

Com o tema: "Cristo liberta de todas as prisões", a FBAC realizou a IV Jornada...

Leia mais

APAC Feminina inaugura a “Biblioteca Cora Coralina”

17-09-2019

A APAC de São João del-Rei, por meio da Escola Estadual Detetive Marco Antônio de...

Leia mais

APAC de São João del-Rei realiza Semana da Família

05-09-2019

Durante os dias 24 de agosto a 01 de setembro aconteceu a Semana da Família,...

Leia mais

Delegação de autoridades judiciárias de Goiás visita as APACs Frutal

03-09-2019

Numa iniciativa do Tribunal de Justiça e Ministério Público de Goiás, no dia 23 de...

Leia mais

APAC é instalada na Comarca de Barão de Grajaú

26-08-2019

Foi realizado neste final de semana, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, o evento...

Leia mais

Presidente Internacional da SSVP visita APAC de Paracatu

23-08-2019

O Presidente Internacional da Sociedade São Vicente de Paulo, entidade mantenedora de diversas obras sociais...

Leia mais

APAC de Paracatu realiza cerimônia de formatura do Ensino Médio

10-08-2019

No dia 11 de julho, a APAC de Paracatu/MG, juntamente com a Escola Estadual Olindina...

Leia mais

A APAC de Pirapora realiza formatura do curso de panificação bem como a inauguração da…

02-08-2019

A APAC de Pirapora realizou no dia 30/07/2019 a solenidade de formatura do curso de...

Leia mais

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg