Inaugurada a APAC feminina de Frutal

Foi inaugurada, no dia 20 de julho de 2018, a APAC feminina de Frutal/MG. Foram oito meses de construção com toda a mão de obra formada por recuperandos da APAC masculina. A unidade irá abrigar a partir de agosto 90 recuperandas do município e da região.

Na manhã de sexta-feira, a cerimônia de inauguração contou com a presença do presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG, o desembargador Nelson Missias de Morais, do Secretário de Defesa Social, Sérgio Menezes e demais autoridades, sociedade civil e imprensa local e regional.

O presidente da APAC de Frutal, Célio Garcia, definiu a inauguração como um momento histórico. “Temos que agradecer à justiça local e de Minas, aos parceiros e à comunidade pelo envolvimento na causa e a Deus por nos capacitar e nos orientar”.

Para a encarregada de segurança da APAC de Frutal, Paula Queiroz Vieira, disse que só tem a agradecer a Deus por desenvolver uma obra divina ao lado de parceiros como TJMG, o Poder Judiciário da Comarca e FBAC, que estão dando oportunidade de recuperação à pessoa que um dia errou, mas que merece voltar à sociedade de maneira digna, praticando o bem.

Segundo o desembargador Nelson Missias, “é uma obra invejável construída em tempo recorde com carinho pelos recuperandos e com o compromisso de todos”. Segundo o Secretário Sérgio Menezes, que no dia do seu aniversário abriu mão de estar com a família para vir na inauguração da APAC feminina, a participação de todos na construção de um espaço como o novo CRS vai proporcionar a recuperação digna das pessoas em conflito com a lei.

Para a coordenadora geral do Programa Novos Rumos, que possui ações e em favor da humanização das penas privativas de liberdade, desembargadora do TJMG Márcia Milanez, a inauguração foi um momento mágico, “uma demonstração de que nós podemos e temos que seguir pelo caminho da humanização”, destaca. Ao visitar pela primeira vez uma APAC feminina, o desembargador do Tribunal de Justiça, Marcelo Guimarães, disse que foi uma alegria ver que existe esperança para a construção do ser humano, para uma sociedade melhor. Um dos parceiros do projeto, o juiz de Direito de Execução Penal da Comarca, Gustavo Moreira, afirma que se sente realizado em poder contribuir com a APAC Frutal e com a sociedade. “Investir no ser humano é investir no terreno certo e encantar-se com a colheita”, resumiu o magistrado.

Segundo a prefeita de Frutal, Maria Cecília Marchi Borges, o município e a região ganharam em tempo recorde um prédio organizado e bem planejado. “A Prefeitura acredita que o respeito, o carinho e a ressocialização é o caminho para uma sociedade mais justa”, afirma. O prefeito de Planura, Paulo Barbosa, ao parabenizar a APAC de Frutal, disse que o novo CRS é uma obra de extrema importância que vai oferecer um tratamento digno às mulheres detentas, que no futuro serão reinseridas na sociedade. Na opinião do advogado Renato Furtado, Deus quis, os homens e mulheres sonharam e trabalharam e nasceu uma obra para a redenção e recuperação das mulheres.

De acordo com o vice-presidente da FBAC, Antônio Carlos Fuzatto, a intenção do órgão é que cada vez mais novas APACs sejam construídas no Brasil e no mundo com a proposta de recuperar pessoas. “A partir de agora as mulheres de Frutal e região que sofrem nos presídios poderão cumprir suas penas com dignidade”. O gerente de metodologia da FBAC, Roberto Carvalho (Beto), ao se dizer impressionado com o novo CRS, destacou que a sociedade só tem a ganhar e que Frutal deve se tornar novamente referência devido à fidelidade à sua metodologia voltada à recuperação humana.

(Zilma de Oliveira – Assessora de Imprensa Apac Frutal)

 

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg