FBAC recebe comitiva da Argentina

A FBAC está recebendo uma comitiva da Argentina, composta por varias pessoas: Padre Dantes e Padre Andrés, sacerdotes católicos, Cecília e Marta, advogadas, Diego, funcionário público, Ana, arquiteta, Chloe, estudante, Pablo e Carlo. Todos são membros da Pastoral Carcerária e acompanham várias penitenciárias. O objetivo da visita é conhecer a APAC, com a intenção de replicá-la na Argentina. Dia 21 de março, dia de sua chegada, os visitantes foram recepcionados pelo inspetor de metodologia da FBAC, Wellington Alves. 

Em seu primeiro dia dia visita, depois de um momento formativo sobre a história e metodologia APAC, os visitantes puderam conhecer os regimes semiabertos e fechado da APAC de Santa Luzia. Durante a caminhada pelos ambientes da APAC os visitantes puderam esclarecer várias de suas dúvidas e traçar estratégias concretas para implementar a metodologia APAC em seu país. 

Padre Dantas disse: "Estamos muito surpresos com o que estamos vendo. Em nossa pastoral tentamos acompanhar os prisioneiros, mas sempre esbarramos na estrutura decadente dos modelos atuais. Vimos que aqui vocês conseguem recuperar de verdade. Queremos encontrar maneiras para fazer o mesmo em nosso país." 

Segundo Cecília, "na Argentina será possível pensar uma APAC como no Brasil, onde os presos são responsáveis por sua própria recuperação, sem o concurso da polícia ou agentes prisionais. No entanto, a maior dificuldade que teremos será convencer a sociedade a dar uma oportunidade para os presioneiros, visto que há uma mentalidade geral de que basta punir a pessoa e abandoná-la nas prisões."

Wellington disse que "o grupo está muito articulado e empolgado. Eles querem iniciar a APAC imediatamente, constituindo a APAC jurídica em seu retorno para a Argentina. Disseram que a semente foi plantada na Argentina há muitos anos por Dr. Mário Ottoboni, porém naquela ocasião, não foi possível iniciar a APAC, mas que a ideia e o desejo permaneceu em seus corações. Eu acredito que muito em breve teremos uma APAC na Argentina."

Os argentinos irão permanecer o final de semana na APAC de Santa Luzia, onde poderão participar do curso de voluntários e acompanhar a visita dos familiares. No entanto, permanecerão em Minas Gerais por uma semana, e a partir da segunda, dia 25 de março, irão conhecer outras APACs e a FBAC, tendo a possibilidade de aprofundar a metodologia APAC e esclarecer todas suas dúvidas.  

 

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg