APACs e FBAC são homenageadas no Programa Caldeirão do Huck, através de seu líder, Valdeci Ferreira

Valdeci Antônio Ferreira, Diretor Executivo da FBAC, foi homenageado no Programa Inspiração, do Caldeirão do Huck, na tarde do sábado, dia 20 de abril.

Luciano Huck, apresentador do programa, explicou logo no início que normalmente a TV apresenta, na maioria das vezes, somente os problemas que acontecem na sociedade. No entanto esta seria uma tarde para que todos pudessem ver pessoas que, com muito pouco, fazem a diferença pelo Brasil, acreditando na pessoa humana e não medindo esforços para que seja respeitada e valorizada.

A homenagem iniciou com a transmissão de um pequeno filme, com o intuito de explicar a metodologia APAC.O filme apresentou os testemunhos de Dr. Luiz Carlos Rezende e Santos, juiz auxiliar da Presidência do TJMG e coordenador do Programa Novos Rumos, de Dr. Paulo de Carvalho, juiz da Comarca de Itaúna, dos Recuperandos Bruno, Jonas e Renato, da APAC de Itaúna. Durante o filme, foi evidenciado o papel transformador da APAC na recuperação da pessoa privada de liberdade, bem como a dedicação e empenho de Valdeci, doando sua vida, sem medir esforços, para que a APAC seja conhecida, respeitada e ampliada.

Chamado ao palco, Valdeci explicou: “Luciano, para mim é uma grande alegria conhecê-lo pessoalmente e participar do seu programa. Certamente que a história das APACs, no Brasil e no mundo, nunca mais será a mesma, depois da participação neste programa de tanta visibilidade. Você começa a fazer parte de nossa história, uma história revolucionária, visto que queremos transformar as prisões, porque sabemos que nossa sociedade precisa ser protegida. Se fala muito de segurança pública, mas não há como dialogar sobre segurança pública, sem investir massivamente nos presidiários, tratar aquele que é preso como sujeito de direitos e deveres, trata-lo com amor, respeito e dignidade, para que ele possa responder com amor, respeito e dignidade.”

Valdeci recebeu das mãos do ator Antônio Fagundes o “Troféu Inspiração”. Antônio Fagundes o cumprimentou e disse: “O Brasil faz parte dos cinco países com  maior populações carcerárias. Este Brasil tem muito que aprender com você e seu trabalho. Sabemos que por trás tudo qeu você faz, há um trabalho muito grande de resistência e inspiração das pessoas. É esta resistência que temos que aprender.”

Valdeci ficou muito feliz por receber este troféu e explica: “Antônio Fagundes, ao me entregar o troféu disse: ‘é pesado, cuidado que é pesado’. De fato a APAC é obra de Deus. É uma obra árdua, porque não dizer, pesada. Esta obra não é minha. Foi inspirada por Deus a Dr. Mário Ottoboni, e deve ser carregada por nós, seus discípulos. Sabemos que é pesada sim, mas sabemos que Deus caminha à nossa frente. Recebi este troféu em nome de tantos e tantas pessoas envolvidas e dedicadas ao projeto das APACs. Gostaria que cada um de vocês, que não medem esforços para contribuir nesta obra se sinta homenageado e homenageada junto comigo. Dedicamos este troféu a Dr. Mário Ottoboni, à Franz de Castro e todos voluntários e voluntárias que já estão junto de Deus, orando e intercedendo por nós, que continuamos nesta caminhada. Enfim, Deus abençoe a cada um de nós e nos inspire a continuar sem desanimar. Estamos juntos!”

Redação FBAC

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg