TJMG anuncia mais de R$ 19 milhões para APACs

No dia 20 de agosto de 2019, o Presidente do Conselho de Administração da FBAC, Dr. Tomaz de Aquino, o Diretor Executivo da FBAC, Valdeci Antônio Ferreira, presidentes, diretores, voluntários e funcionários das APACs participaram de um evento, no Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a convite do presidente do TJMG, Desembargador Nelson Missias de Morais. O evento contou também com a presença do governador do Estado, Romeu Zema, do presidente da Assembleia Legislativa de Minas, deputado Agostinho Patrus; do defensor público-geral de Minas, Gério Patrocínio; além de representantes do Ministério Público de Minas, desembargadores, juízes, entre outras autoridades. O objetivo da cerimônia foi a apresentação dos resultados do mutirão Carcerário e o anúncio de repasse de recursos de penas pecuniárias às APACs. 

“Agradeço ao judiciário pelo comprometimento com esta causa, que é também uma grande preocupação de nossa equipe, representada aqui pelo Secretário da SEJUSP, General Araújo. Cumprimento o Valdeci, que tem feito este trabalho digno de elogio. Tive o prazer de conhecer a APAC de Itaúna e levar todos os governadores do sul e sudeste à APAC de Santa Luzia. Temos um grande interesse que o Modelo APAC, não só dê certo, mas que cresça. Só conseguiremos isto com trabalho conjunto entre os poderes, afinal ninguém sozinho conseguirá levar esta empreitada adiante. Aquilo que depender do executivo, conte conosco, dentro de nossas restrições.” Disse Governador Romeu Zema. 

Des. Nelson Missias anunciou a liberação de R$ 19.163.800,00, provenientes de penas pecuniárias, para investimentos na construção, ampliação e manutenção de APACs no Estado de MG: “Anuncio a disponibilização de recursos para ampliação de novas vagas e aquisição de equipamentos. A metodologia funciona porque nossos recuperandos aprendem uma profissão e deixam o sistema prisional preparados para viver em sociedade. Esta é a beleza do Método APAC. Não poderia deixar de fazer uma menção muito especial ao Valdeci, que comanda esta frente de humanização da Execução Penal aqui em MG. Agradeço a todos por este momento. Muito obrigado!”

 

Valdeci Antônio Ferreira, Diretor Executivo da FBAC, recebeu o cheque simbólico, representando todo o movimento apaqueano. Muito feliz, expressou que as APACs são imensamente gratas ao TJMG por seu suporte e apoio. 

Segundo Valdeci, estes recursos irão permitir um aprimoramento da aplicação da metodologia no regime semiaberto das APACs beneficiadas, visto que através do maquinário proveniente destes recursos, recuperandos serão profissionalizados e preparados para o mercado de trabalho em várias áreas: panificação, confeitaria, marcenaria, carpintaria, confecção de blocos e afins. 

Valdeci explicou também que uma parte dos recursos foi destinada para ampliação de algumas APACs e construção de novas unidades. Desta forma, as APACs irão aumentar sua capacidade e receber novos recuperandos para o cumprimento de pena. 

Atualmente existem 86 APACs em MG, sendo que 39 já aplicam a metodologia, administrando o Centro de Reintegração Social sem polícia (CRS) e as demais estão em diferentes estágios de implantação.

 

Parceiros

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • FIAT.jpg
  • governoMA.jpg
  • governomg.jpg
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • projetec.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • UE.jpg