Equipe da FBAC participa de Fórum Virtual Internacional da Prison Fellowship International

CAPA MATERIA PFI

Durante as manhãs dos dias 11 e 12 de maio de 2021, membros da equipe da FBAC participaram do Fórum Virtual Internacional da Prison Fellowship International (PFI), a maior instituição internacional de trabalho prisional que congrega mais de 50 mil voluntários em 116 países em todas regiões do mundo, reconhecida desde 1983, como organização consultiva especial no Conselho Econômico e Social da ONU para questões penitenciárias.

Andy Corley, CEO da PFI, fez o discurso de abertura do encontro que alcançou mais de 200 conexões espalhadas por cerca de 70 países que executam diferentes programas prisionais. Dentre as pautas, se destacaram as estratégias para fortalecimento e expansão do trabalho prisional mundial, temas de Justiça Restaurativa, oficinas de formação, compartilhamento de depoimentos e a apresentação do grupo de assessores da PFI, do qual faz parte o Brasil, por meio do Diretor-geral da FBAC, Valdeci Ferreira.

quien-gci

A PFI desenvolve diversos programas, dentre os quais há três principais que são implementados por vários filiados: A Viagem do Prisioneiro (focado no aspecto da espiritualidade); Árvore Sicômoro (justiça restaurativa) e Aliança com os Filhos dos Prisioneiros (assistência aos filhos de pessoas privadas de liberdade em distintos aspectos). Além disso, a PFI, em reconhecimento à eficiência da metodologia apaqueana, difunde-a mundialmente como ferramenta para humanização das prisões e aumento das taxas de recuperação e reintegração social de pessoas privadas de liberdade.

Por fim, ressalta-se que a FBAC, filiada à PFI desde 1989, desenvolve atualmente o programa A Viagem do Prisioneiro em mais de 50 unidades, entre APACs e estabelecimentos penitenciários comuns.

 

FELIZ DIA DAS MÃES!

DIA DAS MAES CAPA SITE 

Hoje, 09 de maio, comemora-se uma data mais que especial: o Dia das Mães!! Pensando nessa ocasião, a equipe do Centro Internacional de Estudos do Método APAC (CIEMA) desenvolveu uma pesquisa nas últimas semanas sobre o tema da maternidade nas APACs com a contribuição das APACs femininas de Conselheiro Lafaiete, Frutal, Governador Valadares, Pouso Alegre, Rio Piracicaba e São João Del Rei, todas localizadas no estado de Minas Gerais.

Em conformidade com a lei, nas APACs femininas há um espaço dedicado à maternidade a fim de que as recuperandas mamães possam ter tranquilidade e segurança para cuidar de seus bebês.

Naqueles casos em que a criança deve ficar sob a responsabilidade do pai ou da família, a APAC, tendo em vista a importância de fortalecer esses laços independentes da idade, assegura e se empenha para que as recuperandas mantenham contato com seus filhos que estão fora do C.R.S., seja por ligação, carta, dias festivos ou aos domingos quando são realizadas as visitas familiares.

Destaca-se também que nenhuma recuperanda e seu bebê fica sem cuidado e amparo. Desde o período da gravidez, a equipe da APAC garante todo tipo de apoio, seja acompanhando-a nas consultas do pré-natal, seja nas vacinas, exames e todas as necessidades para assegurar que tudo aconteça da melhor forma possível.

Ademais, naqueles casos em que a recuperanda (e sua família) tenha dificuldade financeira para atender as necessidades do bebê, a APAC, busca constantemente auxiliar na coleta de doações da comunidade e até mesmo da própria equipe a esses bebês.

Erika, ex-recuperanda e atual colaboradora da APAC feminina de São João Del Rei/MG, viveu essa experiência na APAC e narra como foi esse período:

“Hoje eu posso dizer que ter engravidado dentro da APAC para mim serviu de amadurecimento, pois mudei a minha forma de pensar e de ver as coisas. Até a forma de ver a APAC mudou. Se eu tivesse ficado privada da minha liberdade em outro lugar, às vezes eu não teria ficado com ela nem um mês. Esse apoio da APAC para mim foi uma fortaleza. Eu era uma recuperanda que não aceitava estar ali presa e eu passei a aceitar e mudar o meu pensamento para que quando eu saísse eu pudesse criar dignamente a minha filha. Ganhei minha liberdade e sigo com ela. Sou muito grata pela oportunidade que a APAC me deu em poder ficar com a minha filha.”

erika-2

Na primeira imagem, Erika com a filha na APAC, na segunda, Erika e a filha atualmente.

A equipe da Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados deseja um feliz Dia das Mães a todas as mamães!!

Conselho de Administração se reúne na sede da FBAC

REUNIAO CONSELHO-06-05-21

O Conselho de Administração da FBAC se reuniu hoje, 06 de maio, na sede administrativa da FBAC para tratar de diversos temas relacionados à consolidação e expansão do Método APAC.

Participaram os conselheiros: Luiz Carlos Rezende e Santos, Cledorvino Belini, Ana Paula Carvalho Starling Braga, Henrique Nogueira Macedo, Flávio Tófani, Rhayssa Cristina Àvila e Couto, além do Gestor do Instituto Minas Pela Paz, Maurílio Pedrosa.

Reuniao-cosenho-06-05-21-fbac

Na ocasião, alguns membros do Conselho que ainda não conheciam a sede da FBAC, o Centro Internacional de Estudos do Método APAC (CIEMA) e o Memorial Dr. Mário Ottoboni, aproveitaram a oportunidade para conhecê-los.

Por fim, com a ilustre visita do Dr. Rogério Greco, Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas Gerais (SEJUSP/MG), os membros do Conselho o acompanharam em uma inédita visita à APAC masculina de Itaúna.

Partners

  • assmg.jpg
  • avsi.jpg
  • avsibrasil.jpg
  • defensoriamg.jpg
  • governoMA.jpg
  • isvor.jpg
  • logogoverno.png
  • melt.jpg
  • MinaspelaPaz.jpg
  • mpmg.jpg
  • Novos rumos.jpg
  • seapmg.jpg
  • senac.jpg
  • sociedadebiblicadobrasil.JPG
  • tioflavio.jpg
  • tjma.jpg
  • tjmg.png
  • UE.jpg